Artistas locais são lembrados em indicação apresentada na Câmara de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto: Arquivo | Portal Pebinha de Açúcar

Apesar do já previsto no Plano Emergencial do Governo Municipal que já inclui todos os profissionais liberais, autônomos, Micro Empreendedores Individuais, Micro e Médios Empresários; os artistas foram lembrados pelo vereador Joel Alves, que apresentou Indicação propondo a criação de Incentivo de Ajuda financeira aos artistas que ficaram sem renda durante a Pandemia de Covid-19 em Parauapebas.

De acordo com o justificado pelo parlamentar “essa é uma forma de dar apoio aos produtores culturais do nosso município”, citando entre os grupos: Mulheres de Barro, Artes cênicas, artes plásticas, artes visuais (fotografia), dança, teatro, circo, cultura popular (artesanato e folclore) cantores e músicos, literatura, patrimônio histórico e artístico, cinema e vídeo, produção cultural, entre outros, em momento em que esses trabalhadores estão impedidos de atuarem.


“A grande maioria perdeu a totalidade dos seus rendimentos e esse apoio é uma responsabilidade não só com os artistas, mas com o público. Quando terminarmos essa crise, precisaremos de arte, religião e também esporte, não sabemos como nos recuperaremos do estresse pós-traumático coletivo”, defende Joel Alves, lembrando que como muito aspectos da economia, como restaurantes, viagens e esportes, as artes estão restritas de uma forma nunca vista.

Ainda em sua justificativa, embora a situação seja terrível, a grande maioria das artes e da cultura é consumida pessoalmente com outras pessoas e ajuda a construir uma identidade baseada na comunidade compartilhada.

A Indicação foi apresentada na Sessão Ordinária, ocorrida na manhã desta terça-feira (9), na Câmara Municipal de Parauapebas e aprovada pelos vereadores presentes, dependendo agora que seja acatada pelo prefeito Darci Lermen.

Publicidade

veja também