Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Assistentes sociais serão homenageadas com comenda de Cidadã Honorária

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As assistentes sociais Cléuma Magalhães, Eulália Silva, Francinete Cruz e Jurema Ribeiro serão homenageadas pelos vereadores com a comenda de “Cidadã Honorária”. Na última terça-feira (20), durante sessão da Câmara Municipal, foram aprovados os projetos de Decretos Legislativos nºs 002/2016, 003/2016, 004/2016 e 005/2016, de autoria da agora ex-vereadora Joelma Leite (PSD), que concedem o referido título a elas, pelos serviços sociais prestados no município de Parauapebas.

O título de Cidadão Honorário é concedido pela Câmara Municipal a uma pessoa que tenha contribuído com o desenvolvimento social local, fazendo com que o homenageado passe a ser conterrâneo da terra natal, tal como uma adoção oficial, mesmo que não tenha nascido ou resida no município que lhe agraciou a honraria.


Na justificativa das proposições, a então autora argumentou que Francinete, Cléuma, Eulália e Jurema merecem o título pelo histórico de dedicação que tiveram e ainda têm à frente de políticas, projetos e programas voltados para a melhoria na qualidade de vida da população parauapebense.

Tramitação

Os quatro projetos chegaram a ser retirados da pauta na semana passada, pois houve dúvida por parte dos parlamentares se eles poderiam ser votados, tendo em vista que a autora não é mais vereadora.

Entretanto, verificou-se que não havia impeditivos, já que as proposições foram apresentadas enquanto Joelma Leite estava no pleno exercício da função.

“Mesmo ela não sendo mais vereadora, não impede o andamento do projeto”, informou Euzébio Rodrigues, membro da Comissão de Justiça e Redação, onde o projeto tramitou.

Aprovação

Os projetos foram aprovados, por unanimidade, em discussão única. Agora serão encaminhados para sanção da Mesa Diretora da Câmara e posteriormente será agendada a data da homenagem, com a entrega dos títulos.

Homenageadas

CLÉUMA MAGALHÃES – Assistente social, formada pela Universidade Federal do Estado do Pará, com especialização em saúde pública. Neste ramo, desenvolve suas atividades na Prefeitura de Parauapebas desde 1993.

Contribuiu com a implantação do Programa de Tratamento Fora do Domicílio; criação da Sorri Parauapebas, formação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e participou da elaboração da lei municipal de criação do Conselho Tutelar de Parauapebas.

É servidora desde 2014 do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), unidade da Secretaria Municipal de Saúde que trabalha com diagnóstico, prevenção e tratamento de DSTs/aids.

EULÁLIA SILVA – Formada em Serviço Social pela Universidade Federal do Estado do Pará e em Pedagogia pela Unama. Tem ainda cursos de implementação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e do Programa Bolsa Família.

No decorrer de sua vida profissional, participou de inúmeros eventos voltados ao aprimoramento dos serviços sociais. Atuou como assistente social, coordenando o Programa Sentinela, serviço de enfrentamento à violência, ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes e suas famílias.

Atualmente, exerce a função de coordenadora de programas habitacionais da Secretaria Municipal de Habitação de Parauapebas.

FRANCINETE CRUZ – Veio de uma família ribeirinha, de poucos recursos financeiros, mas conseguiu alcançar o tão sonhado nível superior, em duas áreas de extrema relevância para o desenvolvimento da sociedade: Serviço Social e Jornalismo. Também é especialista em Medicina Tropical. Nasceu em Ilha Grande (PA) e veio para Parauapebas em 1997. Desde então, vem se dedicando às políticas públicas e ao apoio aos movimentos sociais e culturais, tendo ativa inserção nas diversas políticas de assistência social, saúde, cultura, segurança pública, dentre outras.

Atuou na política de atenção aos direitos da criança e do adolescente; em programas da área da saúde e serviço social, tendo trabalhado ainda na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae Parauapebas. Também fez parte Comissão de Articulação Intermunicipal de Assistentes Sociais de Parauapebas, órgão representativo do Conselho Regional de Serviço Social. Já exerceu a função de conselheira de saúde e dos direitos da pessoa com deficiência.

Atualmente, Francinete Cruz, que também é autora de três livros na área, está vinculada à Defensoria Pública da União, no Estado do Acre.

JUREMA RIBEIRO – Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Pará, com mestrado em Metodologias do Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS).

Trabalhou em organizações não governamentais (ONGs) como Apae e Sorri Parauapebas, inclusive sendo presidente desta última. Destaca-se ainda a participação dela como membro do Conselho Municipal de Assistência Social. Ocupa atualmente o cargo de assistente social no setor de educação especial da Secretaria Municipal de Educação.

 Reportagem: Nayara Cristina

Publicidade

Veja
Também