Audiência Pública sobre o Rio Parauapebas é realizada na Câmara Municipal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nesta quinta-feira (9), políticos, representantes de entidades, autoridades e populares em geral participaram de uma Audiência Pública que teve como objetivo debater a atual situação do Rio Parauapebas, que infelizmente está sendo vítima das mãos de humanos, seja com atividades ilegais de mineração e até mesmo a jogada irregular de lixos e esgotos no leito do rio que é responsável por abastecer com o líquido precioso cerca de 85% dos moradores da “Capital do Minério”.

Realizada na Câmara Municipal de Parauapebas, a Audiência Pública atendeu ao Requerimento nº 35/2021, de autoria do vereador Zé do Bode (MDB) e debateu sobre as medidas de proteção ao Rio Parauapebas.


A iniciativa teve como objetivo ouvir a comunidade, agentes públicos e representantes da iniciativa privada sobre a situação atual do Rio Parauapebas, bem como dialogar sobre as medidas de proteção e preservação do mesmo.

 

Além da população em geral, foram convidados para participar do debate representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP) e da Mineradora Vale. Foram convidados também representantes dos municípios vizinhos de Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado do Carajás.

O evento contou com grande participação popular e se espera que medidas urgentes sejam tomadas, afinal, o Rio Parauapebas precisa de ajuda, e a coloração da água vem demonstrando que algo de muito errado vem acontecendo.

Confira na íntegra como foi a Audiência Pública:

veja também