Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Caixa abrirá 2 mil vagas para pessoas com deficiência

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O novo concurso público CEF 2019 (Caixa Econômica Federal) foi confirmado, no último dia 19 de junho, pelo presidente Jair Bolsonaro. A seleção será para o preenchimento de 2.000 vagas, exclusivamente para candidatos com deficiência física. O anúncio foi feito durante cerimônia de assinatura de um contrato que dará R$ 2,5 milhões ao Comitê Paraolímpico Brasileiro.

“A Caixa Econômica Federal, mais do que cumprir a lei, terá a satisfação de atender, em grande parte, as pessoas com deficiência”, disse. As contratações deverão ser para preencher postos em agências de todo os país. A data de publicação do edital deve ser confirmada em breve, uma vez que a instituição oficializar o nome da respectiva banca organizadora, que ainda será escolhida.


Na ocasião, o presidente da CEF, Pedro Guimarães, ressaltou a necessidade das novas contratações. “É a primeira vez, que eu entenda, que 100% dos contratados (em concurso público) serão pessoas com deficiência. A Caixa é o único banco que não tem os 5% de funcionários exigidos pela legislação de pessoas com deficiência. O presidente Jair Bolsonaro vai mudar isso”, disse. Em maio, a Justiça do Trabalho determinou o cumprimento da lei de cotas. Na ocasião, a indicação era para a contratação de 2.500 servidores.

Convocação 

Em relação a reposição de servidores sem esta condição, em 17 de maio, o presidente da instituição confirmou que o início da convocação de remanescentes do último concurso, realizado em 2014. A expectativa é de que sejam chamados 2.500 aprovados. Parte desse pessoal também poderá ser composto de portadores de deficiência.

O cargo de técnico bancário da CEF, um dos mais procurados do funcionalismo, exige apenas ensino médio, com remuneração de R$ 2.932,32, incluindo salário base de R$ 2.025e R$ 907,32 de benefícios – isso no concurso Caixa Econômica de 2014.

Benefícios

A grande procura se deve, ainda, aos benefícios oferecidos pela instituição, como possibilidade de evolução salarial ao longo da trajetória profissional, possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros e resultados, possibilidade de participação em plano de saúde, auxílio refeição-alimentação, auxílio cesta-alimentação, possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento e programas de preservação da saúde, qualidade de finda e prevenção de acidentes.

Publicidade

Veja
Também