Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Câmara de Parauapebas esclarece sobre criança fotografada em jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma internauta do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com nossa equipe de reportagem e afirmou que flagrou uma criança que supostamente estaria trabalhando como “jardineira” nas dependências do prédio da Câmara Municipal de Vereadores de Parauapebas, que fica localizada no Bairro Beira Rio II.

De acordo com Erisvania Silva, ela passava pelas proximidades do prédio do Poder Legislativo quando se deparou com uma criança trabalhando cortando a grama da Câmara Municipal. Diante daquela cena, ela resolveu tirar fotos e acionou a reportagem do Pebinha de Açúcar.


Outro lado
Via e-mail, a equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Câmara Municipal de Parauapebas, para que a presidência da Casa de Leis se manifestasse sobre o assunto abordado nesta matéria, veja na íntegra a nota enviada à nossa equipe de reportagem:

Nota de esclarecimento

“A respeito da denúncia de que uma criança foi flagrada trabalhando no jardim da Câmara Municipal de Parauapebas, a presidência esclarece que:

O menino visto no jardim é filho de um servidor da Casa de Leis, o auxiliar de serviços gerais, José Humberto Alves. No momento da foto, a criança, que acompanhava o pai, estava apenas brincando no local.

José Humberto ficou indignado e surpreso ao ver a imagem do filho na internet, sob a suspeição de exploração. O servidor informou que trouxe o filho para a Câmara porque ele já estava de férias e no dia não tinha com quem deixá-lo. “Jamais colocaria meu filho para trabalhar, ele só tem 11 anos. Isso é um absurdo. Ele estava apenas brincando enquanto eu limpava o jardim”, destacou.

A Presidência ressalta ainda que a Câmara é contra a exploração da mão de obra de crianças e adolescentes e o trabalho infantil nas formas não previstas em lei, portanto, jamais aceitaria a atuação de menores em qualquer atividade no órgão”.

 

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Fotos: Erisvania Silva (enviadas via Facebook)

Publicidade

Veja
Também