Câmara solicita a implantação do serviço “Atende+”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Vereador Léo Márcio

Na sessão ordinária da última terça-feira (21), o parlamento municipal aprovou a Indicação nº 285/2022, requisitando ao Poder Executivo que contrate e implante em Parauapebas o serviço “Atende+”, que realiza o transporte público de pessoas com deficiência física, transtorno do espectro autista, surdez ou cegueira.

O pedido, de autoria do vereador Léo Márcio (Pros), tem o objetivo de proporcionar a mobilidade e a inclusão dessas pessoas. Conforme explicou Léo Márcio, o “Atende+” foi implantado inicialmente em São Paulo, sendo um serviço de transporte porta a porta, gratuito, destinado às pessoas com mobilidade e acessibilidade reduzida que possuíam dificuldades para adotar os transportes convencionais, dado o grande fluxo de passageiros.


A intenção é que a prefeitura contrate veículos específicos, do tipo ‘vans’, para realizar o atendimento em três modalidades, sendo o atendimento regular, para transporte com programação de viagens fixas e regulares, com frequência semanal aos usuários cadastrados. O atendimento eventual, para transporte com viagens esporádicas única e exclusivamente para consultas médicas como avaliações, consultas, exames e tratamentos de saúde semanal aos usuários cadastrados e o atendimento a eventos nos finais de semana e feriados, com transporte realizado para promover a interação social, cultural e esportiva para um grupo de pessoas ligadas a instituição cadastrada.

“Minha intenção com a implantação do “Atende+” é promover melhorias no transporte público para os cidadãos com deficiência física ou mobilidade altamente reduzida, com autismo ou com surdo-cegueira, já que a rápida contratação e implantação deste serviço vai proporcionar mobilidade para essas pessoas”, finalizou o legislador.

Diante da relevância do pedido, a Indicação nº 285/2022 foi aprovada em unanimidade pelos demais parlamentares e será enviada ao Poder Executivo para que seja implementada, caso haja disponibilidade orçamentária.

veja também