Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Campanha de combate à hepatite B e C orienta salões de beleza

Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) percorreram alguns estabelecimentos do município que prestam serviços de manicure, pedicure e outros tipos de embelezamento, como estúdio de tatuagem. O objetivo da ação desta sexta-feira (9) foi orientar profissionais e clientes quanto aos cuidados que devem ser observados para evitar contrair hepatites B e C.

Coordenada pelo Departamento de Vigilância em Saúde, a equipe da Semsa contava com servidores da Atenção Básica, Vigilância Sanitária, Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Coordenação de Imunização.

Durante as visitas, foram realizados testes rápidos para diagnosticar casos de hepatites B e C com resultado em 15 minutos. Também foram entregues kits individuais básicos de manicure e pedicure, além de informativos com orientações sobre os cuidados que cada um deve tomar. O coordenador do CTA, Alan Miranda, também conversava com proprietários e clientes sobre a importância da esterilização dos instrumentos para tratar e pintar unhas.

Na avaliação de Idelma Divino da Silva, proprietário de um salão de beleza na Rua A, a iniciativa da prefeitura foi “bastante louvável, porque, por mais que tenhamos cuidados com a higienização dos instrumentos, a gente tem que reforçar essa atenção, para evitar o contágio de doenças”, reconhece, acrescentando que muitas de suas clientes levam seus próprios materiais para receber os serviços.

A cliente Evelin Souza Correia também elogiou a campanha de orientação e combate de hepatites nos estabelecimentos de embelezamento e aproveitou para submeter-se ao teste rápido de detecção da doença.

Para o diretor da Vigilância em Saúde, Marcelo Monteiro, é importante que os estabelecimentos de beleza substituam suas tradicionais e antigas estufas por autoclaves para esterilização dos instrumentos utilizados nos serviços de tratamento e pintura de unhas e produção de tatuagens, para prevenir-se de hepatites e outros tipos de doenças transmitidas pelo contato sanguíneo.

“O próprio cliente deve ter o cuidado de levar seus instrumentos devidamente esterilizados para receber os serviços que precisam nos salões de beleza e estúdios de tatuagem, ou então exigir que os estabelecimentos tenham autoclaves”, orienta.

A campanha de orientação e combate de hepatites vai continuar a ser realizada nos estabelecimentos de embelezamento de Parauapebas.

Reportagem: Waldyr Silva e Diego Pajeú / Foto: Irisvelton Silva

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário