Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Campanha de combate ao abuso e exploração sexual é lançada em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Escolhido como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes”, na última sexta-feira (18), ocorreu a abertura da Campanha de defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes.

A campanha traz como tema: “Os números assustam, um número salva. Disque 100”; um evento, ocorrido no Centro de Desenvolvimento Cultural de Parauapebas (CDC), que reuniu o poder público municipal, SEMAS – Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, COMDCAP, CRAS, e diversas crianças e adolescentes que fizeram apresentações em torno do tema.


O objetivo da campanha, conforme informou os organizadores, é empoderar as crianças e adolescentes para que diga NÃO e denuncie.

De acordo com a coordenadora do evento, Sueli Guilherme, Secretária Adjunta de Assistência Social, trata-se de um crime que ainda ocorre na cidade com muita veemência. “Aqui em Parauapebas não é diferente, tendo atendido, só este ano, mais de 40 casos de denúncias de abuso contra crianças e adolescentes; agora imagine os diversos que não foram denunciados. A campanha está lançada hoje, mas anteriormente já fizemos várias palestras nas escolas e continuaremos até sábado, dia 26”, afirma Sueli Guilherme, detalhando que haverão cinco passeatas e caminhadas em pontos diferentes da cidade feitas pelos jovens e adolescentes que vão até a comunidade dizer NÃO a esta violência, com encerramento no Partage Shopping com grande apresentação cultural.

Mas de acordo com Sueli Guilherme, não apenas durante a campanha que o combate à violência contra a criança e os adolescentes é realizada a luta é constante, tendo uma rede especializada de proteção que trabalha diuturnamente contra esse crime.

Para garantir esses direitos e coibir os abusos, o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente trabalha firme apurando as denúncias e encaminhando as vítimas para os centros especializados. “Nós fazemos os encaminhamentos necessários para o CREAS, pois quando uma criança sofre um abuso ela precisa de acompanhamento psicológico para que a criança tenha o trauma minorado”, afirma Mara Dias, Conselheira Tutelar.

De acordo com os órgãos de proteção dos direitos da criança e do adolescente, o combate a esse crime é um dever de todos devendo todos os cidadãos denunciar e alerta, pois os agressores não são estranhos e estão mais perto do que se possa imaginar, sendo pais, padrastos, tios etc.

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) segue a semana que vem com a programação da Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Criança e Adolescente que este ano traz o tema “Os números assustam, um número salva. Disque 100”.

Confira:

22/05 (Terça-feira)

8h30 – Caminhada

Local de saída: Escola Irmã Dulce (Rua Monteiro Lobato – Bairro da Paz)

23/05 (Quarta-feira)

8h – Caminhada

Local de saída: Cras Altamira (Rua Bartolomeu – Betânia)

15 – Caminhada

Local de saída: Av. Tancredo Neves – Palmares Sul

24/05 (Quinta-feira)

08h30 – Caminhada

Local de saída: Praça do Cidadão

16h – Caminhada

Local de saída: Início da Av. 1 – Bairro dos Minérios

26/05 (Sábado)

17h – Culminância da campanha

Local: Partage Shopping (estacionamento)

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também