Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Campanha do DMTT alerta: escolha faz diferença no trânsito

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A mensagem “Minha Escolha Faz a Diferença” foi muito propagada na blitz educativa realizada durante a manhã desta segunda-feira, 18, na rua F, no bairro União. A ação promovida pela Secretaria Municipal de Segurança Institucional de Defesa do Cidadão (Semsi), por meio do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), faz parte da Semana Nacional de Trânsito.

Durante as abordagens dos agentes de trânsito e dos servidores que compõem o Núcleo de Educação para o Trânsito (NET), os condutores iam entendendo a importância da atividade. “Isso é muito bom porque existem pessoas que não se comportam bem no trânsito e esse tipo de interação leva à reflexão das atitudes que devemos ter ao transitar pelas vias públicas. Eu, por exemplo, busco fazer sempre a manutenção dos meus equipamentos de segurança”, disse o motociclista Francisco Reis, que explicou ainda que precisou trocar a viseira e arrumar a jugular no capacete.


Para o motorista Silas Roberto, os condutores precisam de ações pontuais que envolvam tanto a parte de fiscalização quanto a educação. “Acredito que precisamos do modo preventivo e punitivo, pois às vezes pensamos que estamos seguros, quando na verdade precisamos redobrar nossa atenção. É bom sentir que as pessoas se preocupam se você está fazendo o uso do cinto de segurança porque é uma questão da vida”, avaliou o condutor, complementando ainda que tem uma filha recém-nascida e não se descuida nenhum minuto do uso da cadeirinha.

O coordenador do NET, Milton Lima, reforçou que as ações que visam à segurança no trânsito são continuas, porém, a campanha tem se intensificado e as atividades seguem até o dia 29 deste mês. “É bom perceber que tanto os condutores quanto os pedestres estão abertos a receber as orientações que temos para passar. Nossa preocupação é fazer com que aos poucos as pessoas mudem seu comportamento no trânsito, para que possamos reduzir ainda mais o número de acidentes”, ressaltou.

Reportagem: Sara Nascimento/Semsi

Publicidade

Veja
Também