Canaã dos Carajás recebe primeira turma do curso de cuidador infantil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A capacitação será gratuita e as inscrições acontecem presencialmente nos dias 10 e 11 de junho na Agência Canaã

O Hospital 5 de Outubro (HCO) promove o primeiro curso de cuidador infantil realizado por profissionais da unidade. Serão 25 vagas e as inscrições acontecem nos dias 10 e 11 de junho, no período da tarde.


O curso, com duração de duas semanas, é gratuito e será realizado de forma presencial na Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Canaã dos Carajás.

O Projeto é uma iniciativa do HCO e oferece a qualificação por meio de profissionais como enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, assistente social, entre outros.

O curso é voltado para pessoas de baixa renda que buscam especialização no cuidado infantil e traz abordagens relacionadas com a alimentação, higiene, recreação e lazer, educação, saúde e bem-estar de crianças.

Segundo Tárik Lima, diretor Hospitalar do HCO, o objetivo será o de compartilhar conhecimentos em aulas teóricas e práticas para quem já exerce a atividade ou tenha interesse de ingressar na área como oportunidade de renda.

Como se inscrever

As inscrições devem ser realizadas na Agência Canaã nos dias 10 e 11 de junho. Os interessados devem ter acima de 18 anos, ensino fundamental completo e realizar a inscrição levando a cópia do RG, CPF, comprovante de residência e histórico escolar.

O curso acontece entre os dias 21 de junho e 2 de julho, das 8h às 12h, na Agência Canaã, localizada na Rua Palmeiras, no Bairro Nova Canaã.

Frente ao projeto, Marlo Santos, enfermeiro do Núcleo de Educação Assistencial da unidade, relatou que a iniciativa “proporciona ao cidadão canaãnense uma qualificação profissional, por meio de uma equipe multiprofissional no cuidado humanizado e empático à criança, garantindo qualidade e segurança nos cuidados”.

O Hospital 5 de Outubro foi fundado pela empresa Vale e projetado para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde, entidade filantrópica com mais de 50 na área de gestão de serviços em saúde.

O hospital possui estrutura de pequeno porte, com capacidade para atender casos de média complexidade e congrega ambulatório para consultas eletivas, Pronto Atendimento 24h, instalações de internação com enfermarias e apartamentos individuais e suporte diagnóstico. A unidade é certificada pelo Programa Nacional da Qualidade (PNQ), concedido pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), que reconhece a qualidade e segurança da assistência.

veja também