Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Canaã dos Carajás tem uma sexta-feira (14) terrível. Relojoaria roubada e grávida morta após receber tiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se Parauapebas está perigoso, o município distante 66 quilômetros, Canaã dos Carajás, não está diferente. No mesmo dia, sexta-feira (15), a população canaense se surpreende com dois fatos policiais assustadores, o primeiro, uma quadrilha assaltando uma relojoaria no centro da cidade em plena luz do dia, e o segundo e mais assustador, o assassinato de uma grávida de nove meses numa tentativa de assalto.

Vamos nos ater primeiro ao fato do baleamento seguido de morte de Edna Diniz Torres, de 34 anos. Edna era funcionária da mineradora Vale, casada com Vagner e estava grávida do quarto filho. Na noite desta sexta-feira, a jovem entrou em trabalho de parto.


Obviamente, o marido organizou o veículo do casal, um Cruze prata sedã, colocou a esposa grávida no banco do carona e passou a dirigir rumo ao Hospital 5 de Outubro em Canaã onde ela daria luz, saindo da Vila Planalto, onde o casal residia.

De acordo a narrativa da matéria do Portal Canaã, já na entrada da cidade, no primeiro quebra molas, Vagner foi surpreendido por assaltantes que ordenaram a parada do veículo, mas com a esposa em trabalho de parto ele decidiu continuar o trajeto, entretanto, teve que reduzir para passar no segundo quebra molas, foi aí que um dos bandidos disparou um tiro em direção ao banco do carona, acertando o vidro da porta e em seguida baleando Edna.

 

Desesperado, agora com a esposa baleada e em trabalho de parto, Vagner acelerou o carro ao hospital. A equipe médica conseguiu realizar o parto da criança, que está em observação. Os profissionais da saúde ainda tentaram salvar Edna, mas infelizmente não foi possível.

Já os malandros, ao perceberem a burrada que haviam feito, fugiram para rumo ignorado e estão sendo procurados pela polícia.

Mais uma tragédia que abala o município de Canaã dos Carajás, que ao mesmo tempo que respira prosperidade, acompanha a ascensão da violência exacerbada, que parece não ter limites. Lamentável!

Além do recém nascido, mais três filhos ficam órfãos da mãe Edna.

O ASSALTO EM PLENA LUZ DO DIA

Pareceu cena de filme, mas não foi. Foi real e também aconteceu em Canaã dos Carajás. Já era por volta das 18 horas e funcionários da Relojoaria Topázio se preparavam para encerrar o expediente da sexta-feira (15) quando foram surpreendidos por uma quadrilha de assaltantes que estava em um camionete Hilux de cor prata.

Os bandidos anunciaram o assalto, dispararam tiros, fizeram populares e funcionários de reféns e escudos humanos na frente da loja, ao mesmo tempo em que uma parte da quadrilha se encarregava de subtrair jóias, semijóias, relógios e outros produtos da loja.

 

A ação foi rápida, em pleno centro da cidade e chamou atenção de curiosos, que chegaram a filmar a fuga dos elementos. Policiais só acompanharam de longe a ação dos amigos do alheio, haja vista que temiam balear algum refém.

De acordo informações, os bandidos seguiram em fuga rumo a Parauapebas, chegando a abandonar reféns em um certo ponto da estrada. A polícia ainda não apresentou nenhum integrante do bando.

Publicidade

Veja
Também