CANAÃ: Tiroteio entre assaltantes e PM resulta na morte de um suspeito e ferimento em outro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A desobediência de dois suspeitos de praticar assaltos simultâneos em três bairros de Canaã dos Carajás às ordens de uma guarnição da Polícia Militar resultou na morte de um dos supostos assaltantes e ferimento no outro. O caso aconteceu na manhã deste sábado (2) na Rua Maranhão, Bairro Novo Brasil.

Segundo a polícia, os dois homens tinham acabado de praticar assaltos simultâneos nos bairros Vale Dourado, Vale Verde e Vale dos Sonhos, em Canaã dos Carajás, tendo como vítimas Jacqueline Guedes Carvalho (33 anos de idade), Antônio de Pádua da Costa (61 anos) e Alexandre Cristiano de Lima (41 anos). À polícia, Antônio e Jacqueline relataram que tiveram seus aparelhos celulares, mochilas e documentos pessoais roubados pelos assaltantes.


Conforme relato das vítimas, os autores das ações criminosas eram dois indivíduos numa motocicleta marca Honda modelo Pop, cor vermelha e sem placa. O piloto da motocicleta trajava camisa azul e o da garupa usava boné e camisa vermelha.

De posse das características dos suspeitos, a guarnição da Polícia Militar saiu à procura dos meliantes. Instantes depois, os militares se depararam com a dupla já em outra motocicleta, de marca Honda, modelo Bros, cor vermelha e placa OTK 0265, trafegando pela Rua Paraná. Quando viram a viatura da PM se aproximando do cruzamento pela Av. Minas Gerais, os elementos fizeram o retorno no cruzamento e empreenderam fuga pela Rua Paraná, voltando para a direção da qual estavam vindo.

De acordo ainda com relato dos policiais, os indivíduos em alta velocidade entraram na Rua Tocantins e depois na Rua Maranhão e a guarnição continuou o acompanhamento. Seguindo pela Rua Maranhão, a dupla, ainda na motocicleta, tentou subir o morro, mas já no final da rua parou o veículo, recebeu voz de parada, porém o homem da garupa desceu e efetuou um disparo de arma de fogo em direção à guarnição. Em seguida, o piloto da moto sacou também uma arma e apontou na direção dos policiais.

Nesse momento, dois integrantes da guarnição efetuaram disparos em direção aos indivíduos, os quais saíram correndo a pé e desapareceram do alcance dos policiais, que, mais adiante, se depararam com o condutor da motocicleta, identificado por Rodrigo Santana de Jesus (27 anos idade), caído ao chão e baleado, com a arma de fogo (tipo caseira, cano curto) de seu lado. O segundo indivíduo (de camisa vermelha) se escondeu em algumas casas com uma das pernas sangrando, e a polícia não conseguiu capturá-lo.

Com a demora de viatura do Samu, os policiais colocaram Rodrigo Santana na carroceria da viatura da PM e o levaram para o hospital municipal, mas o médico de plantão constatou que o mesmo já havia evoluído a óbito.

veja também