Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Candidato a vereador registra Boletim de Ocorrência e diz ter sido vítima de agressão em comício

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O caso virou Boletim de Ocorrência (B.O), registrado na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, onde Felipe Tommy, que se diz vítima, narrou ter sido agredido em um comício em que esteve como “olheiro”.

“Estava no comício do candidato a prefeito Júlio Cesar, com o intuito de observar a quantidade de pessoas”, admite Felipe, detalhando que, quando estava no meio da multidão, Júlio Cesar, candidato a prefeito pelo Partido Republicano Trabalhista Brasileiro (PRTB), o reconheceu e fez um discurso inflamado, incitando o ódio nas pessoas e citando seu nome.


Na compreensão de Tommy, pode ter sido isso combustível para que várias pessoas começassem a lhe agredir com xingamentos; momento em que ele diz ter pedido calma à multidão e ao orador que o citava em seu discurso. “Foi quando senti um soco muito forte na minha cabeça, não sei como eu não desmaiei”, lembra Felipe Tommy, dizendo ter identificado o agressor que diz ser o empresário Cássio Marques.

Ainda de acordo com Felipe, por vivermos em um país democrático, não irá se calar nem aceitará esse tipo de ameaça e agressão. Motivo que irá ingressar com um processo por agressão física, danos morais e difamação.

 

Outro lado

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar fez contato com a Assessoria de Comunicação de Júlio César, mas até o fechamento desta matéria não recebeu resposta.

Reportagem: Francesco Costa  |  Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também