Single Posts
Confirmados
26.267
Single Posts
Recuperados
15.327
Single Posts
Óbitos
177

 Publicidade

Cantor fã de Roberto Carlos transforma casa para guardar acervo do rei

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Cantor fã de Roberto Carlos transforma casa para guardar acervo do rei

Fotos: Francesco Costa | Portal Pebinha de Açúcar

Um eterno apaixonado que se inspira no ‘rei’ Roberto Carlos e vem espalhando o romantismo por onde passa. São muitas décadas colecionando álbuns musicais do cantor e se apresentando na noite ao cantar em barzinhos no estilo voz e violão.

Assim, Haroldo Braga vem levando a vida fazendo o que gosta e encantando muitas pessoas com sua voz e composições. Ele convidou a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar para ir à sua casa conhecer seu acervo, momento em que falou um tanto de sua história encliticamente ligada à de Roberto Carlos, em que diz já ter estado várias vezes nos camarins durante shows do rei.


Cantor fã de Roberto Carlos transforma casa para guardar acervo do rei
Haroldo Braga já esteve com o Rei Roberto Carlos em alguns eventos

 

Haroldo compôs algumas músicas, também no estilo e ritmos de seu ídolo, cuja paixão surgiu quando tinha apenas oito anos de idade. “Quando Roberto Carlos gravou a música Amada Amante, eu era ainda criança e comecei a tocar suas canções. Percebi tratar-se de um grande nome da música popular brasileira e comecei a seguir seus passos”, diz com saudosismo o maranhense de Joselândia, dizendo ter percebido o que Roberto Carlos demorou muitos anos para dizer, percebeu que “ele é o cara”.

Nas contas de Haroldo Braga, toca mais de 200 músicas de Roberto Carlos em seu repertório apresentando em bares da cidade, tanto na língua portuguesa, quanto em espanhol e italiano.

Perguntado de onde vem toda inspiração, ele mostra o piso de sua sala coberto por discos de vinil, os antigos LP’s, além de vários CD’s, revistas e pôsteres. “Atualmente a música perdeu o rumo. Não se encontra mais vozes e letras como existiam com pegada de música romântica. E não adianta querer tirar este estilo de circulação, pois, enquanto pessoas gostarem de pessoas, a música romântica estará em evidência”, assegura Haroldo, comparando que a música é poesia e a poesia é música.

 

Quanto aos que apreciam músicas românticas, ele mensura ter grande público, sendo as mesmas pessoas que se apaixonam, mandam flores, sofrem quando brigam, pedem para voltar; sonham em encontrar um grande, verdadeiro e eterno amor como nos contos de fadas.

O romantismo do ‘rei’ Roberto Carlos pode ser apreciado na voz de Haroldo Braga, que atende a contratos para se apresentar em festas particulares e barzinhos, através dos telefones celulares: (94) 98150-9986 / 98146-2254.

Publicidade

Veja
Também