Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Capacitações oportunizam mais conhecimento para profissionais de saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A capacitação que tratou do atendimento aos recém-nascidos, ocorreu em dois dias (quarta e quinta-feira) e contou com a participação de 60 técnicos de enfermagem que atuam na maternidade. Durante as exposições foram abordados os seguintes conteúdos: reanimação neonatal, aleitamento materno e imunização.

A fonoaudióloga da maternidade, Emília Montenegro, presente na capacitação, compartilhou com as técnicas de enfermagem as informações sobre o teste da linguinha e sua importância. “Com o teste a gente consegue identificar se a língua do bebê é presa, isso dificulta no processo da amamentação”, destacou a profissional.


Para a enfermeira Cleice Reis, uma das organizadoras da capacitação, ações como essa despertam a motivação dos profissionais. “A gente sai daqui com a motivação renovada para a nossa prática assistencial, trocamos conhecimentos e experiências”, avalia a enfermeira, lembrando que há uma sequência didática para o melhor aproveitamento dessas capacitações.

“Na primeira capacitação falamos sobre o parto humanizado, agora sobre recém-nascidos e a próxima vai tratar de urgências obstétricas”, informa Cleice Reis. “Quero que continuem essas capacitações, nos ajuda muito. Só temos a ganhar e a população também”, disse a técnica de enfermagem Maria de Fátima Souza.

De acordo com Sandra Ribeiro, coordenadora de Educação em Saúde e Humaniza SUS da Semsa, desde o início do ano já foram realizadas mais de 16 ações de educação permanente. “Fizemos um workshop no início do ano para levantar as principais demandas de capacitação em cada departamento da Semsa, a proposta é qualificar cada vez mais a equipe para um atendimento de qualidade e humanizado”, destaca a coordenadora.

Combate à hipertensão

No dia 26 de abril é comemorado o dia de Combate à Hipertensão Arterial, que está associada à origem de muitas Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) e para iniciar as ações em alusão à data, foi realizada uma capacitação para mais de 250 Técnicos de Enfermagem e ACS’s que atuam nas unidades básicas de saúde.

Ministrada pela nefrologista que atende na rede pública, doutora Verônica Costa, a capacitação abordou os seguintes temas: a problemática da Hipertensão Arterial Sistêmica e o papel da equipe das Estratégias Saúde da Família, Técnicos de Enfermagem e ACS no controle da doença. Foram abordados também o rastreamento da pressão alta na população e os métodos adequados de verificação da Pressão Arterial.

Reportagem: Karine Gomes
Foto: Sandra Ribeiro

Publicidade

Veja
Também