Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Capelania é implantada no 23º Batalhão de Polícia Militar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sargento Maia – Capelão

Desenvolvida há muitos anos nas forças armadas e Polícia Militar, Brasil afora, a Capelania tem como objetivo trazer orientação espiritual, aconselhamentos e presidir ritos religiosos nos quarteis. No Estado do Pará, a Capelania foi implantada em 2014, tendo sido expandido nos quartéis e companhias da PM. “Nós cuidamos da vida espiritual dos nossos policiais. Temos a função de cuidar todos os dias da tropa, orando, orientando e levando a palavra de Deus para cada um deles. E nos momentos difíceis quando, por exemplo, um policial tomba ou falece algum de seus familiares, fazemos presente levando o conforto espiritual”, explica o Sargento Maia, Capelão do 23º BPM – Batalhão da Polícia Militar de Parauapebas, contando que para exercer a função se faz necessário ter formação específica.

Algumas denominações religiosas já faziam o trabalho de evangelização no quartel do 23º BPM, porém, agora, oficialmente, passa a ter o trabalho interno feito pela Capelania, recentemente, implantada no quartel. Mas, isso, conforme explicou o capelão, não impede que as igrejas continuem fazendo seu trabalho o que, em sua opinião, auxilia no conforto dos militares e aproximação da palavra de Deus.


Mas, para ser Capelão em um quartel militar, é preciso, além de ter formação acadêmica específica, ser militar e passar no concurso público para tal função.
“O trabalho que desenvolvemos nos quarteis, todas os dias, levando uma palavra de conforto e harmonia, traz resultado no serviço do militar que, muitas vezes não é visto com bons olhos nem como um ser humano comum. Mas, ele é um ser humano. Tem mãe, esposa e filhos. Por isso, trabalhamos esse lado religioso para conseguir no coração e no que a pessoa mais se identifica”, explica Maia, garantindo que, não apenas no trabalho, tudo vem melhorando também na vida pessoal e familiar do policial.

Publicidade

Veja
Também