Casal é preso no Residencial Alto Bonito acusado de tráfico de droga

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O casal Hiury Alves Lopes Nascimento, 20 anos de idade; e Thaís Costa Brauna, 27 anos, foi preso por uma guarnição da Ronda Ostensiva com Apoio de Motos (Rocam) da Polícia Militar às 22 horas desta terça-feira (26) no Residencial Alto Bonito, em Parauapebas, acusado de tráfico de entorpecente.

De acordo com informações dos policiais militares, a guarnição realizava ronda ostensiva e preventiva na área do residencial e avistou um indivíduo tentando se evadir do local com uma sacola na mão, mas ele foi detido. Ao revistar a sacola, os policiais disseram ter encontrado quatro barras de maconha pesando 310 gramas.


Hiury Alves, que estava fora da cadeia há pouco tempo, estava acompanhado de Thaís Costa, que, conforme respondeu aos policiais, estava ali para comprar maconha das mãos de Hiury Alves.

Após o flagrante, os dois receberam voz de prisão, foram encaminhados para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil e apresentados ao delegado plantonista Felipe Oliveira, que realizou os procedimentos cabíveis.

Procurada pela reportagem, Thaís Costa confessou ser apenas usuária de droga, e que estava ali porque Hiury Alves havia lhe oferecido um pouco da maconha, mas antes que ela pegasse o entorpecente os dois foram surpreendidos com a chegada da equipe da Rocam.

Segundo ainda a polícia, Hiury Alves já tinha passagem pela justiça e ao ser pego traficando caiu na reincidência, quebrando sua condicional e novamente retornará para o presídio.

Ele nega ser traficante de droga e que havia comprado a maconha de um desconhecido pela rede social e que iria levar para outra pessoa que não sabe ou não quis dizer o nome. Mas a polícia não acreditou nessa história.

veja também