Casal é preso por tráfico de entorpecentes no Bairro União

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma denúncia de perturbação pública levou a polícia militar a uma traficante que comercializava cocaína no Bairro União, em Parauapebas, na noite da última sexta-feira (2).

Trata-se de Kelly Lima de Oliveira, que se apresentou como sendo dona do apartamento em um condomínio onde a polícia chegou para averiguar a veracidade de denúncia, tendo como teor uma festa particular com som em volume acima do permitido e ainda a possibilidade de venda e uso de entorpecentes.


Conforme relatado pela Polícia Militar à equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, quando a guarnição chegou ao local, o portão principal do condomínio estava aberto e que os policiais se deslocaram até ao apartamento onde estava ligado o aparelho sonoro onde foram encontrados um homem e uma mulher.

Ao procurar pelo responsável pelo imóvel, a mulher, que estava sentada em uma cama, assustou-se e correu para o banheiro, jogando alguns objetos dentro do vaso sanitário e depois deu descarga. Os policiais a interrogaram para saber a respeito do que tinha descartado no banheiro, porém, esta disse que não tinha feito nada de errado. Mas, autorizou que os policiais entrassem para averiguar.

Assim, ao examinar o vaso, foram encontradas 54,8 gramas de cocaína. A mulher foi identificada como sendo Kelly Lima de Oliveira, que confessou ter comprado o entorpecente em Abaetetuba, cidade também no Pará, pelo valor de R$ 900 de um indivíduo conhecido vulgarmente pelo nome de “Seco”. Quanto ao homem que estava no apartamento, ela disse ser seu companheiro e foi identificado pelo nome de Anderson dos Santos Lima.

Por isso, o jovem casal, ela com 28 e ele com 26 anos de idade, foram presos encaminhados  para a 20ª Seccional de Polícia Civil, para responder pelo crime de tráfico de entorpecentes.

veja também