Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Casamento Comunitário sela união de 150 casais no lago do Nova Carajás

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A noite do sábado, 29, foi especial para 150 casais que oficializaram a união no Casamento Comunitário. Filhos, amigos, parentes e representantes do poder executivo e legislativo testemunharam a cerimonia ecumênica celebrada pelo padre Hudson e pastor Gerardo. Os noivos chegaram ao final da tarde e aproveitaram a belíssima decoração feita no Lago do Nova Carajás para eternizarem essa data com fotos e vídeos ao pôr do sol.

Juntos há 15 anos, seu Antônio Pereira, 55 anos, e dona Maria Alves, 64 anos, se alegraram com a oficialização dos votos. “Pra mim é um momento de muita alegria, porque há muito tempo nós estávamos esperando uma oportunidade pra realizar esse casamento e agora eu tenho só a agradecer. Tá muito bonito aqui”, elogiou.


“É um evento extraordinário. Quantas pessoas queriam realizar esse sonho, mas não tinham condições. E ofereceram gratuitamente uma grande festa pra cada pessoa que hoje está oficializando sua união. Uma coisa muito bonita. Pra mim é uma grande alegria e uma grande benção de Deus pra cada um que recebeu essa oportunidade”, disse Maria Alves.

Nada de vestido de noiva, véu e grinalda. Talita Moura e Jailson Damasceno fugiram do convencional e casaram-se de kimono. “A ideia foi dele, porque a gente se conheceu no tatame [em 2012] treinando Jiu-Jitsu e a gente quis demostrar tanto nosso amor pela arte quanto um pelo outro”, revelou Talita. Depois do tão esperado sim, Jailson disse que o sentimento é de gratidão.

“O sentimento é de agradecimento, primeiro a Deus, e aos governantes do município por nos proporcionarem essa alegria, já que a gente vinha lutando há tempos pra casar, mas as condições não nos permitiram; e ao meu professor que tem me ajudado muito e colaborado com as surpresas pra ela também. É um sentimento inesquecível e muito emocionante”, declarou Jailson.

O prefeito Darci Lermen mencionou o casal mais idoso como exemplo a ser seguido, seu Antônio e da dona Maria do Socorro, que já estão há 49 anos juntos. Ele também parabenizou as Mulheres Camponesas, da Palmares II, Filhas da Terra, da APA do Gelado e Mulheres de Areia, do Cedere I, que prepararam o jantar da cerimonia. “O casamento é um sinalizador do amor. O importante da vida é que a gente cuide um do outro e se ame”, destacou o prefeito.

Publicidade

Veja
Também