Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Caso Bárbara: Delegado descarta possibilidade de serial killer em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após a morte da adolescente Bárbara Lira Ferreira de apenas 13 anos, vários grupos em redes sociais, como o WhatsApp, passaram a espalhar informações a respeito do autor desse e de outros crimes parecidos em Parauapebas.

Em entrevista à imprensa, o Diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil descartou a possibilidade de que exista um assassino em série (serial Killer) na cidade.


“Infelizmente, grupos em redes sociais estão divulgando vários informes causando uma verdadeira sensação de pânico na cidade”, afirma o delegado.
Thiago Carneiro Ressalta que existe um grupo criado exatamente para facilitar a comunicação entre a Polícia Civil e a imprensa local, a fim de evitar esse tipo de especulação.

O Delegado disse que as autoridades policiais já estão tomando as medidas necessárias para punir esse tipo atitude, mandando intimações para pessoas que já estão sendo identificadas para responderem criminalmente por isso.

Investigação
Por conta da informação de que uma foto do namorado de Bárbara estaria circulando pelas redes sociais de maneira caluniosa, a reportagem questionou o diretor da 20ª Seccional a respeito do envolvimento do rapaz. Carneiro voltou a afirmar que as investigações seguem em sigilo para não atrapalhar o trabalho da Polícia.
“Tendo uma divulgação, pode prejudicar todo o trabalho árduo que estamos fazendo”, explicou o delegado.

Sobre rumores levantado na cidade de que os recentes casos de mulheres mortas ou violentadas em Parauapebas pudessem ter o mesmo autor, Carneiro afirmou que a Polícia acredita serem casos diferentes. “Não há nenhuma hipótese de ter um serial killer na cidade, já descartamos essa situação. Mas estamos apurando todos os casos com afinco e contamos para isso com o apoio de todos os delegados da Polícia Civil, “concluiu.

Reportagem: Ronaldo Modesto / Esaú Moraes – Correio

Publicidade

Veja
Também