Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Cemitérios de Parauapebas devem receber 30 mil pessoas no Dia de Finados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Prefeitura Municipal de Parauapebas (PMP), através da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMURB) está fazendo um mutirão de limpeza nos dois cemitérios da cidade. A expectativa é que pelo menos 30 mil pessoas possam se deslocar aos locais no Dia de Finados, comemorado no próximo sábado (2).

Os dois cemitérios de Parauapebas, Jardim Eterno, localizado no Bairro Rio Verde, que se encontra desativado e só realiza sepultamento em sepultura de familiares ali enterrados, e o Jardim da Saudade, localizado às margens da Rodovia Municipal Faruk Salmen, em funcionamento, de acordo com a SEMURB estarão preparados para receber a visita de milhares de pessoas.


 

Dia de finados

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos dos mártires para rezar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém lembrava. Também o abade Odilo de Cluny, em 998, pedia aos monges que orassem pelos mortos.

Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII esse dia anual passa a ser comemorado em 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12; Jó 1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46), e se apóia em uma prática de quase dois mil anos.

Publicidade

Veja
Também