Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Coluna do Lima Rodrigues – 14 de novembro de 2019

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Comitiva JP foi criada pelo empresário e pecuarista Roberto Paulinelli em homenagem ao pai dele, o pecuarista João Paulinelli, já falecido

Arábia Saudita habilita oito novos frigoríficos para exportação de carne bovina, incluindo dois do Pará

Mais uma boa notícia para a pecuária brasileira e em especial a do Pará. A Arábia Saudita habilitou oito novos frigoríficos brasileiros para exportação de carne bovina. Do Pará foram habilitados os frigoríficos Fortefrigo, de Paragominas, e Frigol de São Félix do Xingu. O anúncio foi feito na segunda-feira pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, após receber o comunicado oficial da autoridade sanitária saudita: Daudi Food and Drug Authority – SFDA.


Em setembro, a ministra visitou aquele país e negociou a abertura de mercado para produtos agropecuários brasileiros.

Segundo a ministra Tereza Cristina, a habilitação de novos frigoríficos é resultado da recente viagem do presidente Jair Bolsonaro à Arábia Saudita. “Isso faz parte de toda a abertura que o Ministério da Agricultura vem fazendo juntamente com o governo federal”, disse ela, acrescentando que “essa é uma ótima notícia para começar bem a semana”.

Em 2018, as exportações de produtos agropecuários brasileiros para a Arábia Saudita renderam US$ 1,7 bilhão. Foram mais de 2,9 milhões de toneladas. A carne de frango representou 47,4% do valor vendido (US$ 804 milhões e 486 mil toneladas).

Além dos dois frigoríficos paraenses, foram habilitados os seguintes frigoríficos para exportação de carne bovina para a Arábia Saudita:

Frigorífico Better Beef – Rancharia (SP)

Plena Alimentos – Pará de Minas (MG)

Indústria e Comércio de Alimentos Supremo (Ibirité – MG)

Maxi Beef Alimentos Brasil – Carlos Chagas (MG)

E Distriboi – Indústria, Comércio e Transporte de Carne Bovina – Ji-Paraná (RO).

(Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Agricultura).

Agropec

Estive em Paragominas (PA) dias 4, 5 e 6 de novembro para cobrir o Primeiro Simpósio Nacional da Pecuária de Corte – Agropec, a convite da Verum, uma empresa promotora de eventos na área do agronegócio, com o apoio da prefeitura municipal. Assisti palestras de especialistas em pecuária, em pastagem, em confinamento e em produtividade, com sustentabilidade. Os detalhes apresentaremos em breve no Conexão Rural.

Conforme destaquei na coluna passada, Paragominas é uma cidade que tem sua produção focada em resultado e sustentabilidade. O município se destaca na pecuária, com quase 1 milhão e 200 mil cabeças de gado; na agricultura, com destaque para soja e milho; na piscicultura, na mineração e no comércio em geral.

Muito obrigado ao prefeito de Paragominas, Paulo Tocantins; ao secretário de Governo, Renato Cordeiro; ao secretário de Agricultura, Breno Colonelli; ao presidente do Sindicato dos Produtores Rurais do município, Murilo Zancaner, e à diretora da Verum, Carla Tuccilio e à assessora de imprensa do SPRP, Taís Sousa, pelo o apoio para que a equipe do Conexão Rural realizasse uma ampla cobertura da Agropec 2019.

Obrigado também ao experiente cinegrafista de Paragominas, Jacó Pereira, pelo o excelente trabalho realizado. Todos os detalhes estarão em breve no Conexão Rural, a voz do campo na TV.

Uma cavalgada de mais de 40 quilômetros até o Araguaia

Os tropeiros da Comitiva JP realizaram uma grande aventura no início de novembro. Eles percorreram cerca de 40 km de estradas de terra chegando até as margens do Rio Araguaia, no município de Rio Maria, no sul do Pará. A Comitiva JP foi criada em homenagem ao pecuarista João Paulinelli, já falecido, pai do empresário e pecuarista Roberto Paulinelli, do Frigorífico Rio Maria e do Haras Santos Reis.

Na sexta-feira (01/11) às 8:00h, os muladeiros saíram da Fazenda Água Fria (João Guimarães), localizada há cerca de 40km da BR-155 – Xinguara – PA. Depois da oração do Pai Nosso, eles partiram pela estrada do Pontão, chegando na Fazenda Escondida (Flávio Quinta) por volta do meio dia, onde foram recebidos com um saboroso almoço, acompanhado de um churrasco.

Liderada por Roberto Paulinelli, Nedito Almeida e outros, a tropeada seguiu pelas estradas da fazenda Califórnia, chegando até as margens do Araguaia.

Um desejo de Roberto Paulinelli, que se tornou um sonho: “Sempre tive vontade de banhar uma das minhas mulas nas águas do Araguaia. Realizei este sonho hoje e fiquei muito satisfeito”, disse Roberto. Além dele outros cavaleiros também adentraram o rio montados nas mulas.

HOMENAGENS: Depois do banho no Araguaia, as emoções tomaram conta dos participantes. No salão do condomínio Recanto do Araguaia foi instalado um telão, onde foram feitas várias homenagens ao fazendeiro pioneiro de Rio Maria, Nedito Almeida. Roberto Paulinelli e amigos, prepararam vídeos de amigos e familiares falando das histórias de trabalho, amizade e companheirismo de Nedito. O momento causou bastante emoção entre os participantes e ao fazendeiro, que ficou muito grato por tudo.  A cavalgada da Comitiva JP 2019 foi encerrada com um delicioso jantar. (Com informações de Idelson Gomes, de Rio Maria – PA).

Conexão Rural

Na homenagem promovida pela Comitiva JP, foi apresentada a reportagem que fiz com o “Seu” Nedito no quadro “Prosa na Varanda” do Conexão Rural, que irá ao ar no próximo domingo, dia 17 de novembro. O programa mostrará os bastidores da cavalgada da Comitiva JP e a música do violeiro Val Arruda, com a participação da dupla Zé de Sousa e Tiãozinho e do secretário de Desenvolvimento de Canaã dos Carajás (PA), Jurandir dos Santos.

EXPOSIBRAM 2020

A Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA) vai sediar a solenidade de lançamento, nesta quarta-feira (13/11), em Belém, da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração – EXPOSIBRAM. A edição 2020 deste que é o mais importante evento da mineração será realizada em Belém, de 24 a 27 de agosto.

O evento é organizado pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM – www.ibram.org.br). O Governo do Estado do Pará, a FIEPA, o Centro das Indústrias do Pará (CIP) e o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) são os principais apoiadores da EXPOSIBRAM 2020. O diretor-presidente do IBRAM, Flávio Penido, confirmou presença na solenidade de lançamento.

O objetivo é apresentar a EXPOSIBRAM e sua importância para gerar negócios no Estado às empresas, entidades, universidades e outras organizações paraenses. As principais mineradoras que atuam no país e em outras nações irão participar da EXPOSIBRAM 2020, além de empresas fornecedoras do setor instaladas no Pará e em outros estados e países.

Na região Norte, a mineração apresenta perspectivas positivas de expansão, o que significa atratividade para investimentos nacionais e estrangeiros. O Pará é o segundo maior produtor mineral brasileiro, com jazidas de minérios como ferro, cobre, níquel, bauxita, caulim, manganês, silício e ouro. (Assessoria de Imprensa – IBRAM).

FENACAM 2019 

De 12 a 15 de novembro a cidade de Natal (RN) será o palco do maior encontro dedicado ao desenvolvimento das cadeias de produção aqua do Brasil, a Fenacam 2019. Evento que chega a sua décima sexta edição para servir de apoio técnico-científico e empresarial do setor.

De acordo com o zootecnista e líder da Unidade de Negócios Aqua da Polinutri (São Paulo/SP), Aldo Barbugli, o Brasil produz aproximadamente 50 mil toneladas de camarão de cativeiro por ano e sua divisão de negócio tem destacada participação neste setor, próximo de 25%. “Nossa proposta como empresa fornecedora de tecnologias em nutrição capazes de otimizar o desempenho zootécnico desses organismos tem como objetivo apoiar pequenos, médios e grandes empresas em seus desafios diários, porque acreditamos que ‘Juntos vamos mais Longe’”, salienta Barbugli. (Assessoria de Imprensa da Polinutri – SP).

Bom final de semana a todos e até quarta-feira com saúde e paz!

Publicidade

Veja
Também