Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Coluna do Lima Rodrigues – 23 de maio de 2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Intercorte – Marabá (PA)

Termina hoje, no Centro de Convenções Carajás de Marabá, a Intercorte, o grande evento da pecuária de corte brasileira, que reúne os principais especialistas no assunto. A cerimônia de abertura ocorreu na segunda-feira à noite com a presença do governador do Pará, Simão Jatene; do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Márcio Miranda; do senador Flexa Ribeiro; do prefeito de Marabá, Tião Miranda; do presidente da Associação dos Criadores do Pará (Acripará), Maurício Fraga Filho, deputados estaduais, prefeitos e vereadores do sudeste paraense e produtores rurais de vários municípios.


Lima e governador Jatene

 

20 milhões de cabeças

A pecuária no Pará tem ganhado força ano a ano. Hoje, o estado é o quinto maior rebanho bovino do país, totalizando mais de 20 milhões de cabeças.
A relevância da pecuária na matriz econômica paraense está expressa na sua participação de 26 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do setor primário.
Tento em vista a importância do setor no desenvolvimento do estado, a Intercorte, evento itinerante que percorre há seis anos os principais polos da pecuária no país, voltou ao Pará. Pela primeira vez, a cidade de Marabá recebe uma etapa do evento. Em 2013, a Intercorte foi realizada em Paragominas.

APC

Ainda durante a cerimônia de abertura no evento na segunda-feira à noite, foi criada a Aliança Paraense da Carne (APC).
Houve apresentação do Programa Pecuariando, que define as metas da agropecuária no Pará até 2030; assinatura de atos do governo paraense e da Assembleia Legislativa, e homenagens com a entrega de títulos de cidadania paraense e honra ao mérito a pecuaristas pioneiros no Pará.

Feira de Negócios

A Intercorte é composta por um workshop de dois dias, que conta com a presença de especialistas do setor, que debatem com o público presente, formado em sua maioria por pecuaristas, temas de relevância para o desenvolvimento da pecuária no brasil.
Além disso, o evento conta com uma Feira de Negócios com a participação das principais empresas do setor que apresentaram suas inovações ao mercado.

Lima e Maurício Fraga Intercorte

 

Palestras

Na segunda-feira pela manhã a Intercorte começou com o painel Produzir Mais. Em seguida, houve a palestra de Luciano Morgana sobre Gestão na Produção de Arroba.

Depois, Matheus Marinho falou sobre Sanidade: a proteção necessária para a produção de alta performance.

Maurício Bassani fez palestra sobre Manejo da Fertilidade do Solo para Alta Produtividade.

Pedro Veiga abordou em sua palestra o tema: Não basta produzir mais…

Biotipo e Conformação Animal Influenciando na Produtividade, foi o tema abordado por Hilário Ferrari.

Roberto Paulinelli e Whashington Mesquita falaram sobre o Case Produtor.
Na tarde de segunda-feira houve debate sobre o tema: Produzir Melhor, que teve como mediador Tobias Ferraz.
E ainda, as seguintes palestras:

Pecuária de Cria: tecnologias para aumentar a quantidade e a qualidade dos bezerros produzidos, com Pietro Baruselli.

Como agregar valor na cadeia de produção de carne com a utilização das tecnologias no sistema de cria, com Luciano Penteado.

E Genética: um investimento programado e de alto retorno, com Gabriela Peixoto.

Resultados superiores através de uma genética de qualidade, com Juliana Ferragute.

Case Mafripar Premium Beef, Daniel Freire.

E Case 1953, com Fábio Dias.

Debates com palestrantes

À tarde, houve mais debates, tendo como mediador Tobias Ferraz.
No começo da noite, foi servido um Beef Hour, para todos os convidados.

Hoje, último dia da Intercorte de Marabá, serão debatidos, entre outros temas: Manejo para Intensificação de Pastagem na Pecuária de Corte; A Municipalização do Licenciamento Ambiental Rural; Os Pilares da Pecuária Sustentável; Acripará – o pecuarista do Pará como Protagonista dos Desafios do Setor.

A Intercorte é uma realização da Terraviva Eventos, Acripará e Uniec – União Nacionalda Indústria e Empresas da Carne. (Fonte: assessoria de imprensa da Intercorte).
Selecionados os melhores machos Nelore CFM nascidos em 2016

Está concluída mais uma etapa do programa de seleção da CFM, a maior vendedora de touros avaliados do Brasil. As informações coletadas dos mais de 4 mil machos Nelore CFM nascidos em 2016, já foram processadas pelos professores José Bento Ferraz e Joanir Eler, da USP Pirassununga, e incluídas na base de toda a avaliação genética do rebanho CFM.

Dessa forma, já estão definidos os touros superiores da safra, que serão comercializados a partir do Megaleilão Nelore CFM, dia 09 de agosto de 2018, em São José do Rio Preto/SP; e dia 10 de agosto, nas Fazendas São Francisco, Magda/SP, e Lageado, em Aquidauana/MS.

“Em 2018, o Megaleilão Nelore CFM chega a sua 20ª edição. Esse marco será comemorado com a abertura das vendas da nova safra de touros, que, mais do que nunca, terá a responsabilidade de trazer ao mercado toda a qualidade genética que o Megaleilão CFM representa”, informa Tamires Neto, gerente de pecuária da CFM.
Serão ofertados reprodutores rigidamente selecionados para produção a campo e que estarão prontos para trabalhar na próxima estação de monta. Dentre os cerca de mil reprodutores Nelore de alto índice, estarão incluídos também os touros TOP, selecionados para o próximo teste de progênie da CFM. “O Megaleilão é o momento de adquirir os melhores touros da CFM. Oportunidade única de investir no melhor da genética CEIP”, complementa Neto.
Mais informações: www.agrocfm.com.br / [email protected] / (17) 3214-8700 / (17) 99775-3618 / Facebook.com: agrocfm / Instagram: agrocfm.

(Informação enviada para a coluna pelo Texto Comunicação Corporativa).

Boa semana a todos e até quarta-feira com saúde e paz.

Publicidade

Veja
Também