Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Coluna do Lima Rodrigues – 6 de maio de 2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O sucesso das lives

A pandemia da covid-19 trouxe como novidade, a cada dia, as lives dos artistas pelas redes sociais. Alguns com parafernálias (e às vezes o som ruim), outros com excesso de bebida alcoólica e outros só com voz e violão e muito talento. Alguns com grandes patrocinadores e outros sem nenhum patrocinador.


De qualquer forma, a maioria da população aprovou, e gosta de assistir as lives de seus cantores preferidos, com seus mais diversos estilos. Para quem está em isolamento social em casa, é bom descontrair com um show 0800 em sua sala, degustando um drink e com um saboroso tira-gosto caseiro, ao lado de poucos familiares ou de poucos amigos, para evitar aglomeração. Socialmente, apesar dos excessos de alguns artistas, essas lives são maravilhosas. Todo mundo gosta.

Economicamente, porém, outras lives vêm se destacando diariamente no país. São lives com empresários, pecuaristas, produtores rurais, jornalistas, zootecnistas, médicos veterinários, influenciadores digitais e especialistas do agro de um modo geral. Como elas acontecem nos mais diferentes horários, muita gente que está envolvida com o setor participa e interage, inclusive, para aumentar seus conhecimentos.

A multinacional Vetoquinol Animal, por exemplo, realiza nesta quinta-feira (7) às 19h o “Encontro Online” – “Da porteira pra fora e pra dento da fazenda”.

Veja o convite que está sendo enviado para os pecuaristas:

A Vetoquinol Saúde Animal convida você pecuarista para um encontro online em nosso canal do YouTube. Neste dia o Prof. Thiago Carvalho e o Zootecnista Antônio Chaker irão abordar as atualidades da pecuária nacional da porteira pra fora e pra dentro da fazenda. Como tomar as melhores decisões na propriedade analisando também o mercado.

Temas: “Da Porteira pra Fora” – cenário atual do mercado da carne, suas perspectivas a curto e médio prazo, e quais indicadores para uma melhor gestão e tomada de decisão.

Da “Porteira pra Dentro” – os fatores decisivos para melhor gestão em produtividade com mais resultados e lucratividade pecuária.

 Mulheres do agro lançam #oagroporelas para fortalecer a campanha maio laranja contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Há 45 anos uma notícia abalou o Brasil, marcando o início da luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Araceli Crespo tinha oito anos quando foi sequestrada, violentada e assassinada em 1973. Em resposta a esta crueldade, foi criada a Lei Federal 9.970/2000, que instituiu o dia 18 de maio como o Dia Nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

A expressão Maio Laranja tem como inspiração a flor da variedade Gérbera, que possui várias tonalidades, incluindo o laranja, e simboliza a fragilidade de uma criança.

Apesar da instituição da data, de campanhas e iniciativas para o combate da violência sexual, os dados atuais são cada vez mais assustadores: a cada uma hora, três crianças ou adolescentes são abusadas sexualmente no Brasil, segundo o Ministério da Saúde.

Abusadores estão em casa

Além disso, dois terços dos episódios de abuso registrados em 2018 ocorreram dentro de casa. Em 25% dos casos, os abusadores eram amigos ou conhecidos da vítima, em 23%, o pai ou padrasto.

Foi através da análise destes dados absurdamente alarmantes, que um grupo representado por mulheres do agronegócio resolveu encabeçar uma campanha para reforçar o já existente Maio Laranja e criou #oagroporelas, uma hashtag que tem o intuito de fortalecer e aumentar o alcance, incentivando as pessoas a não se calarem e denunciarem qualquer tipo de abuso sexual presenciado contra crianças e adolescentes.

Ticiane Figueirêdo, Sarita Rodas, Mariely Biff, Lilian Munhoz, Noelle Foletto, Alessandra Decicino, Andréa Cordeiro, Saile Farias, Sônia Bonato e Roberta Páffaro dão o pontapé inicial nesta campanha. Cada uma delas já gravou e postou em suas redes sociais um vídeo falando sobre a importância de denunciar casos de abuso e, agora, convidam as mulheres de todo o país a também gravarem seus vídeos para aumentar essa corrente pela conscientização. Os homens também podem participar.

Encorajamento

Segundo elas, a violência e o abuso não escolhem idade, nem condição financeira. Por isso, é muito importante fazer com que vozes femininas cheguem cada vez mais longe e encorajem cada vez mais mulheres para que a violência não seja tolerada sob nenhuma condição, principalmente de maneira velada, como acontece em muitos casos.

E elas deixam um convite a todas e todos que quiserem aumentar e fortalecer esta campanha pelas nossas crianças do Brasil: gravem seus vídeos e utilizem a #oagroporelas – e qualquer indício de abuso ou exploração, denuncie. Disque 100.

O texto da Campanha é o seguinte, com adaptação dos nomes.

“Meu nome é “Fabiana Sousa”, tenho 30 anos, mas poderia ser a Joana de 13 ou a Patrícia de 8, que foram vítimas de violência sexual. Estou aqui hoje para pedir que você não se cale, por elas, por mim, por nós! #OAgroPorElas é uma Campanha conscientização e prevenção contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Não se cale! Denuncie e disque 100!”. (Material enviado para a coluna pelas jornalistas Lilian Munhoz e Mariely Biff, de São Paulo).

Circuito Nelore de Qualidade terá 40 etapas em 2020 e apresenta novidades

 

O Circuito Nelore de Qualidade chega em sua 21ª edição com expectativa de superar os números recordes registados no ano passado. Em 2020, estão previstas 40 etapas, com a avaliação de mais de 25 mil animais. Reconhecido como um campeonato nacional de qualidade de carcaças, o Circuito terá alguns aprimoramentos no regulamento e novas premiações, informa a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB). A iniciativa conta com apoio do Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

“É muito gratificante o crescimento do Circuito Nelore de Qualidade, especialmente nos últimos dois anos. Saltamos de 8 mil para 25 mil animais avaliados. Essa evolução representa para a ACNB o reconhecimento do árduo e consistente trabalho de melhoramento da genética Nelore, além da nossa convicção em estimular os pecuaristas a produzir animais de melhor qualidade com maior padronização de carcaças”, ressalta Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

“Ficamos muito felizes por renovar a parceria com a ACNB em 2020 e de promovermos a raça Nelore, responsável por 80% do rebanho de corte brasileiro, por mais lugares do país. Os resultados obtidos no ano passado foram acima das nossas expectativas e estamos confiantes de que teremos um Circuito ainda mais positivo junto à associação e aos pecuaristas que vêm nos ajudando a elevar o nível do gado brasileiro a um patamar cada vez mais alto”, afirma o presidente da Friboi, Renato Costa.

Pecuaristas de todo o Brasil

O Circuito Nelore de Qualidade consolida-se com uma competição democrática, que reúne pecuaristas de diferentes portes, de diversas regiões do Brasil. Podem participar, selecionadores, invernistas, confinadores, entre outros, com lotes a partir de 18 a 20 cabeças, dependendo do padrão dos caminhões utilizados para o transporte, na unidade em questão. Não é necessário ser sócio da ACNB para participar do Circuito, mas nas etapas realizadas nas unidades do Friboi, os associados podem receber as premiações oferecidas pelo Protocolo Nelore Natural que podem chegar a até R$10,50 por arroba, de acordo com o perfil dos animais e habilitação da propriedade.

Novas premiações – Outra novidade para o calendário do Circuito Nelore de Qualidade 2020 é a criação de duas premiações especiais: Melhor Lote de Carcaças de Animais Terminados em Pastagens e Melhor Lote de Carcaças de Machos Castrados.

“Estas premiações serão feitas no final do ano, junto com os vencedores dos campeonatos de Melhor Lote de Carcaças de Machos e de Fêmeas, e Melhor Compra de Boi. Elas ocorrerão em paralelo aos campeonatos tradicionais. Em cada etapa, também continuam sendo premiados os três melhores lotes de carcaças de macho e de fêmea”, explica André Locateli, gerente executivo da ACNB.

Confira o calendário completo e outras informações sobre o regulamento do Circuito Nelore no site da ACNB: www.nelore.org.br/CircuitoNelore. (Texto Comunicação – SP).

Cuide-se. Previna-se. Fique em casa.

Publicidade

Veja
Também