Coluna do Lima Rodrigues – 7 de junho de 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O presidente da FAEPA, Carlos Xavier, concedeu entrevista ao Conexão Rural sobre o Encontro Ruralista em Belém

Encontro Ruralista em Belém

Os números de produção do agronegócio no Estado do Pará crescem significativamente com destaque em diversas cadeias produtivas como cacau, pimenta do reino, açaí e soja. Esses assuntos são tratados continuamente com propostas de ações para fomentar o setor  tendo como proposta o Encontro Ruralista que reúne, semestralmente, lideranças sindicais rurais de todo o Estado. Em sua 57° edição, o tema “Agro Mais Perto” foi tratado no evento promovido pelo Sistema Faepa/Senar/Fundepec/ Sindicatos, dias 31 de maio e 1° de junho, na sede do Palácio da Agricultura, em Belém.


Participaram do encontro diretores da Faepa, o vice-presidente da entidade, Vilson Schuber, assessores técnicos, autoridades, coordenadores dos 10 núcleos regionais e delegados representantes de 134 sindicatos de produtores rurais, entre os quais Grazy Ribeiro, de Parauapebas,  Ricardo Guimarães, de Marabá, e Francival Cassiano, do sindicato rural de Ourilândia e Tucumã, além de convidados e palestrantes. Também estiveram presentes os deputados Tonheiro e Nilse Pinheiro.

A presidente do Siproduz, Graziele Ribeiro, falou ao Conexão Rural sobre o Encontro Ruralista e a FAP 2022, que será realizada de 3 a 11 de setembro de 2022

 

No primeiro dia de evento, na terça-feira, a abertura foi presidida pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará, Carlos Xavier, quando foi efetivada a instalação da Assembleia do Conselho de Representatividade da Faepa. O encontro seguiu com participação da Comissão das Mulheres em Campo do Estado do Pará, integrada por produtoras rurais do Pará.

Lima Rodrigues entrevistou também o presidente do Sindicato Rural de Marabá, Ricardo Guimarães

 

Mulheres do Agro

A coordenadora da Comissão das Mulheres da FAEP, Lisiane Rocha, começou a programação de palestras falando sobre a experiência da Federação da  Agricultura do Estado  Paraná com o “Programa Mulheres em Campo”. No início da tarde, a especialista em Agronegócio, Andrea Cordeiro, explanou sobre o tema “Mulheres como Protagonista da Gestão e Desenvolvimento do Agro”.

Renegociação de dívida

Na sequência, Ribamar Sizo, diretor da Faepa, explicou sobre “Crédito Rural”, com a apresentação do Decreto Federal Nº 11.064, de 06/05/2022 – Renegociação de Dívida junto aos Fundos Constitucionais.

A programação do primeiro dia teve ainda os temas sobre “Sistemas de Rastreabilidade”, que foram explicados pelo Diretor Comercial da ALLFEX BRASIL e por Geraldo Coelho, CEO do Startup Global ID Code S/A.

E o tema sobre retirada da vacina contra Febre Aftosa, foi explicado pela auditora Fiscal da Agropecuária SFA-PA/MAPA, Katherine Fragoso, com a participação de um representante da Adepará.

Crédito de carbono

O evento da terça-feira terminou com a palestra da presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas, Maxiely Scaramussa  Bergamin, que falou sobre Crédito de Carbono,  Preservação da Floresta e Rentabilidade para o Produtor.

Ela explicou que os créditos de carbono são certificados que comprovam que uma empresa, projeto ou instituição evitou a emissão ou retirou da atmosfera CO2 em um determinado período. E destacou que os créditos podem ser produzidos, por exemplo, a partir do replantio ou da manutenção de áreas de floresta nativa.

Portos

Na quarta-feira, dia 1º de junho, segundo dia de evento, houve palestra sobre o Projeto de Portos na Área Portuária e o Projeto da Criação do Distrito Industrial de Santarém, que foi explicado pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santarém – ACES, José  Roberto Branco Ramos.

Na sequência, o tema Conceito Operacional e Principais Produtos do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia  teve como palestrante o capitão de Mar e Guerra, Márcio Eduardo, que atua como gerente Regional do CENSIPAM.

Senar

Em seguida, o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Walter Cardoso, apresentou um panorama das ações do Senar como a Escola Indústria de Chocolate Senar, Capacitação e Formação Profissional para o Agro, Assistência Técnica Gerencial (AteG) e Promoção Social.

Participaram da apresentação, o gerente de Assistência Técnica e Gerencial, Dácio Carvalho, a Engenheira Agrônoma e técnica do campo da AteG, Joyce Teixeira, o coordenador Técnico Pedagógico do Senar, Luiz Carlos Almeida, o coordenador do Escritório de Projetos da Faepa, Mário Ribeiro e o assessor técnico da Faepa, Luiz Pinto.

O superintendente do Senar, Walter Cardoso, disse que as ações estão sendo realizadas de forma permanente por meio de capacitações, Assistência Técnica Gerencial e Ensino Superior visando beneficiar o homem do campo no Pará:

O coordenador Técnico Pedagógico do Senar, Luiz Carlos Almeida, informou que em 2022 as ações de Formação Profissional Rural estão previstas para atender 4.588 turmas que atendem em torno de 70 mil trabalhadores rurais, e nas ações de Promoção Social serão 810 turmas, dando um total de 16 mil pessoas atendidas. Na área das ações da Assistência Técnico Gerencial estão previstos o atendimento de 6.100 propriedades rurais com vias de aumentar no decorrer do ano.

O gerente de Assistência Técnica e Gerencial, Dácio Carvalho, afirmou que o produtor rural pode contar com as ações do Sistema Faepa/Senar, porque o objetivo é educar o produtor, além de mostrar o caminho certo para gerar mais produção com o aumento da renda.

Governador Helder Barbalho

O Encontro Ruralista foi encerrado na noite do dia primeiro de junho, na sede da FAEPA, em Belém, com a presença do governador do Pará, Helder Barbalho.

As representantes da Comissão  Mulheres do Agro entregaram um documento ao governador Helder, com uma série de sugestões visando o fortalecimento do agronegócio no estado.

Depois, o governador   assinou convênios com a FAEPA em várias áreas visando fortalecer o agronegócio paraense.  Helder parabenizou a FAEPA pela realização do Encontro Ruralista e destacou que o Pará não precisa desmatar nenhuma árvore para produzir alimentos.

O governador do Pará, Helder Barbalho, participou do encerramento do Encontro Ruralista na FAEPA

 

O presidente da FAEPA, Carlos Xavier, agradeceu a presença de todos e entregou para o governador Helder documentos com várias demandas do setor ruralista.

Lideranças ruralistas e presidentes de sindicatos rurais fizeram um balanço positivo de mais um Encontro Ruralista.

Agradecimento

Parabéns ao presidente da Faepa, Carlos Xavier, a todos os diretores da entidade e todas as pessoas que participaram direta ou indiretamente para a realização do 57º Encontro Ruralista em Belém. Realmente foi excelente e bastante proveitoso.

E obrigado às jornalistas Lorena Daibes e Carla Moura, da assessoria de Comunicação da FAEPA, pelo o apoio dado para que o Conexão Rural pudesse realizar uma grande cobertura do Encontro Ruralista.

Conexão Rural

O 57º Encontro Ruralista realizado em Belém e os detalhes sobre as feiras agropecuárias de Parauapebas, Brasil Novo e Tucumã estarão em destaque no Conexão Rural no próximo fim de semana.

AGROBALSAS

Carta de agradecimento enviada pela direção da Fundação de Apoio ao Corredor de Exportação Norte Irineu Alcides Bays (Fapcen) em agradecimento à cobertura do AGROBALSAS feita pelo programa Conexão Rural e pelo site www.conexaoruralbrasil.com.br e por meio da coluna publicada aqui no Pebinha de Açúcar e no jornal O Progresso, de Imperatriz (MA).

Ao: Sr. Lima Rodrigues

Programa Conexão Rural (Rede TV) INSTITUIÇÃO PARCEIRA FAPCEN

Balsas-MA

Nossos Agradecimentos

Prezado Senhor:

Missão cumprida! Nossa proposta trouxe ao agronegócio no Estado do Maranhão, uma maior visibilidade mediante a grandeza em poder contribuir com as grandes diferenças sociais que persistem.

Foram muitos os desafios, pós-pandemia, cenários de guerra eminente, globalização acelerada que vem exigir de cada um de nós, mudanças de costumes. Mesmo mediante a estes fatos tivemos a coragem em dizer, sim, ao desafio de organizar a maior feira do agronegócio do Estado do Maranhão, com um tema que demonstra a nossa coragem, a força e a necessidade da união, retirando vaidades e fanatismos, se provando que somos sim um celeiro sustentável, que estamos conectados ao mundo rumo ao futuro.

No entanto, o apoio de cada uma das Instituições parceiras foi a nossa principal motivação, Instituições estas, que arregaçaram as mangas e vieram somar na construção da 18° edição do AGROBALSAS, que superou todas as expectativas, movimentando toda região e mostrando para o Brasil e para o mundo o que somos, queremos e para onde queremos ir.

Durante os dias 16 a 20 de maio, tivemos os mais variados públicos, 170 mil pessoas, que vieram a Fazenda Sol Nascente, com o objetivo de aprender, ensinar e compartilhar experiências. Em uma verdadeira conexão de setores que adequa tanto à nossa temática para esse ano como uma projeção holística de futuro, culminando assim o nosso tema para 2022, “Conectividade Cerrado: O Grande Celeiro”.

A carta é assinada pela Superintendente da  Fapcen, Gisela Introvini.

Você pode ler o texto completo da carta no site www.conexaoruralbrasil.com.br

veja também