Publicidade

Coluna do Lima Rodrigues – 8 de outubro de 2019

Ao entrevistar o Padre Alessandro Campos, na Fenecan, ele lembrou que a primeira entrevista que concedeu em sua vida como cantor sertanejo foi para este colunista (Jornal da Asa Norte) em 2010 em Brasília

Seminário de Bubalinocultura é realizado em Parauapebas

O 1º Seminário de Bubalinocultura de Parauapebas (PA) ocorreu no Tatersal do Parque de Exposições Lázaro de Deus Vieira Neto nos dias 5 e 6 de outubro.


Foram realizadas diversas palestras sobre a criação de Búfalos no Pará e no Brasil, Benefícios e Especificidades do Leite de Búfala e Mercado e Perspectivas quanto a Produção de Búfalos e seus produtos, entre outros temas, além de Milk Break, churrasco de Baby Búfalo, Show do Grupo Raízes Parauara e Show Som de Mistura.

Participaram da abertura do encontro, o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen; o secretário de Produção Rural, Elson Cardoso; o Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, José Alves; o diretor-geral da UFRA, Renan Sampaio; o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Búfalos, Caio Rossato; o coordenador do Departamento de Turismo de Parauapebas, Marcos Alexandre; o coordenador geral do Seminário de Bubalinocultura, o advogado e criador de Búfalos, Geraldo Pedro; o presidente da Associação Paraense de Criadores de Búfalos, João Rocha; alunos e professores da Universidade Federal Rural da Amazônia, UFRA, de outras instituições de ensino, produtores rurais da região e representantes de agências de viagens.

O coordenador geral do evento, Geraldo Pedro, criador de búfalos no município, agradeceu a presença de todos e disse que naquele dia Parauapebas não era a capital do minério, mas sim a capital do búfalo. E destacou que o seminário movimentou a economia da região.

O presidente da Associação Paraense de Criadores de Búfalos – APCB, João Rocha, parabenizou a atuação do advogado e pecuarista Geraldo Pedro, dizendo que ele, “praticamente isolado no sudeste do Pará na criação de búfalos, desenvolve um excelente trabalho para difundir a raça bubalina na região”.

O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Búfalos – ABCB, Caio Rossato, também parabenizou o trabalho do Dr. Geraldo Pedro e de todos os participantes do seminário.

Ele destacou que “o búfalo é uma atividade consolidada no Brasil, hoje com 16 mil criadores em todo o país, e que movimenta mais de 1 bilhão de reais por ano, sendo 70 por cento desse total, provenientes dos derivados de leite de búfala”.

Caio Rossato pediu mais apoio governamental para os criadores de búfalo em Parauapebas, no Pará e no Brasil, ressaltando que “esta é uma atividade rentável e que tem muita gente ganhando dinheiro com búfalo”.

O diretor do Campus da UFRA em Parauapebas, Renan Sampaio, falou da luta do pecuarista Geraldo Pedro para a criação de búfalos no município e destacou sua preocupação com a qualidade da genética, “sempre procurando a Universidade Federal Rural da Amazônia para implantar a inseminação artificial no Sítio Açaizal visando a uma melhoria do rebanho”. Disse ainda que “o Dr. Geraldo é um pioneiro na criação de búfalos na região sudeste e que ele alavanca a produção da raça bubalina em Parauapebas, sempre defendendo o uso da tecnologia em sua propriedade”.

O secretário de Produção Rural de Parauapebas, Elson Cardoso, afirmou que “a prefeitura municipal e a SEMPROR estão sempre contribuindo para a melhoria do rebanho de búfalos no município”. Ressaltou ainda que “o búfalo contribui com o fortalecimento do turismo em Parauapebas”.

E o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, também destacou que “a rota do búfalo já faz parte do turismo do município e que o trabalho da UFRA é muito importante porque leva o conhecimento e a tecnologia para o campo e elogiou o trabalho do pecuarista Geraldo Pedro”.

Após os discursos na cerimônia de abertura do Seminário de Bubalinocultura, começaram as palestras.

O presidente da APCB, João Rocha, falou sobre o Búfalo no Pará e o crescimento da raça cada vez mais no estado, além do aumento do consumo de derivados do leite de búfala.

O zoootencista e doutorando em Saúde e Produção Animal na UFRA, Wildiney de Oliveira, abordou o tema: Vantagens da criação de búfalos em relação a bovinos.

Benefícios e especificidades do leite de búfala foi o tema da palestra da zootecnista e mestranda em Tecnologia na Produção de Animais ruminantes na UFRA, Natália Bianca.

No intervalo das palestras, os participantes do evento puderam conhecer vários produtos de empresas parceiras e também degustar os derivados do leite de búfala, como queijos e doces. “Está tudo uma delícia. O queijo é maravilhoso”, disse a estudante de Medicina Veterinária, Myrela Oliveira.

E o turismólogo e artesão Alessandro Pinheiro veio de Salvaterra, na Ilha do Marajó, para apresentar sua arte na qual retrata o búfalo de sua região.

Na sequência das palestras, Ernandes Silva, do Departamento Municipal de Turismo – DETUR, em Parauapebas, falou sobre a Rota Turística Bubalina e destacou a importância do búfalo para o turismo no município.

O professor Raylon Maciel, zootecnista e doutor em Ciência animal Tropical pela Universidade Federal do Tocantins e professor da UFRA, abordou o tema O Búfalo na universidade.

O ciclo de palestras do Seminário de Bubalinocultura foi encerrado pelo presidente da Associação Brasileira de Criadores de Búfalos, Caio Rossato. Ele falou sobre Mercado e Perspectivas quanto a produção de búfalos e seus produtos e elogiou a luta incansável do Dr. Geraldo Pedro no município para a fortalecimento da raça bubalina.

Os pecuaristas Geraldo Pedro e Joaquim homenagearam o diretor da UFRA em Parauapebas, Renan Sampaio, pelo o trabalho que a universidade desenvolve para o aumento da qualidade na produção de búfalos no município.

Em seguida, houve churrasco de Baby Búfalo para todos os convidados….

O primeiro dia do encontro sobre búfalos foi encerrado com muito carimbó do Grupo Raízes Parauara, de Parauapebas e com o Show Som de Mistura.

No domingo, dia 6 de outubro, pela manhã, os participantes do seminário de Bubalinocultura foram ao Sítio Açaizal, perto da Vila Cedere I, a 20 quilômetros de Parauapebas, para conhecer melhor a produção de búfalos no município.

Ouviram explicações do Dr. Geraldo Pedro sobre os piquetes e toda a preocupação dos criadores com o bem-estar dos búfalos e aproveitaram para tirar fotos dos animais.

E no mirante do Sítio Açaizal ouviram mais informações sobre a criação de búfalos em Parauapebas.

FENECAN 2019

Em comemoração aos 25 anos de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, a onde foi implantado o maior projeto minerário da história da Vale, o S11D, e a cidade se destaca também na produção de mel, a prefeitura preparou uma extensa programação na Quarta Feira de Negócios, a FENECAN, para comemorar a data de 2 a 6 de outubro de 2019.

Em destaque, o Fórum de Desenvolvimento Regional, que contou com a presença do governador do Pará, Helder Barbalho, do prefeito de Canaã dos Carajás, Jeová Andrade, do vice-prefeito Alexandre Pereira, do secretário de Desenvolvimento, Jurandir dos Santos, secretários municipais, prefeitos de vários municípios, diretores da Vale, empresários, produtores rurais e servidores públicos.

Um dos palestrantes do Fórum de Desenvolvimento da Região de Carajás, que trouxe como tema os desafios e investimentos em Logística no sul e sudeste do Pará foi o prefeito de Piçarra e presidente da Associação dos Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás – AMAT, Wagner Machado. Ele defendeu o modelo ferroviário, que afirmou ser sete vezes mais barato que o rodoviário, polui menos e causa menos acidentes.

O lançamento do Pacto por Canaã contou com a presença do prefeito Jeová Andrade, do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Wilson Leite, de vários prefeitos do sul e sudeste do Pará e de inúmeras outras autoridades e empresários da região.

A programação da FENECAN incluiu ainda Feira de Ciências e Tecnologia, o Primeiro Seminário do Serviço Mineral, a APIPARÁ, o maior evento de apicultura e meliponicultura da Amazônia, a inauguração de diversas obras na cidade, incluindo asfalto em vários bairros de Canaã, e o Festival Gastronômico, comandado pelo renomado Chef mineiro Eduardo Avelar.

A FENECAN foi encerrada no domingo, dia 6 de outubro, com uma missa celebrada pelo padre Mateus Felipe. E depois com o show do padre Alessandro Campos.

A programação musical incluiu ainda a dupla Bruno e Marrone, a dupla Israel e Rodolffo, o cantor gospel Anderson Feire, a dupla Cézar e Paulinho e o violeiro paranaense Val Arruda, além de artistas regionais.

Conexão Rural

O Seminário de Bubalinocultura e a Feira de Negócios de Canaã dos Carajás são os destaques no Conexão Rural do próximo domingo, além da música de Bruno e Marrone, do cantor gospel Anderson Freire e do padre Alessando Campos.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Pebinha de Açúcar Comunicação e Marketing
LTDA-ME – CNPJ: 05.200.883.0001-05
Parauapebas – Pará – Brasil
(94) 99121-9293 (whatsapp) | (94) 98134-2558

Acompanhe o Pebinha nas redes sociais

Copyright © Pebinha de Açúcar – 2018. Todos os Direitos Reservados.

Fechar Menu