Com frota sucateada, tarifa do transporte público será reajustada em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Imagem feita pela reportagem do Portal Pebinha de Açúcar contraria a informação repassada pela Assessoria de Comunicação da Central

Demora na espera por micro-ônibus, veículos sucateados e sem ar-condicionado, falta de rotas em alguns bairros e preço alto no valor das passagens. São essas as principais reclamações de usuários dos micro-ônibus da Central das Cooperativas de Transporte de Parauapebas, responsável pela concessão pública que realiza todos os dias o transporte de munícipes na grande “Capital do Minério”.

Durante o final de semana, nossa reportagem recebeu denúncia de populares sobre as condições do transporte público em Parauapebas e por sua vez, teve acesso a imagens que mostram vários micro-ônibus em péssimas condições, parados na garagem da Central das Cooperativas e sem condições de circulação.


“Todos os dias a gente precisa dos atendimentos da Central das Cooperativas e infelizmente, além de ficar um tempão esperando pelos micro-ônibus, os serviços ofertados deixam muito a desejar”, relatou a dona-de-casa Maria da Conceição, residente no Bairro dos Minérios.

Reajuste à vista

Se populares já acham o valor alto no preço da passagem, que atualmente custa R$ 4,00, o bolso já pode “ser preparado novamente”, tendo em vista que nos próximos meses um novo aumento será anunciado para o transporte público em Parauapebas. A informação foi obtida pelo Portal Pebinha de Açúcar e confirmada pela Assessoria de Comunicação da Central das Cooperativas de Transporte de Parauapebas, que disse que estudos para o reajuste no valor da passagem já foram iniciados.

Outro lado

Visando sempre fazer um jornalismo de forma responsável e imparcial, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Central das Cooperativas de Transporte de Parauapebas, que apesar da reclamação de usuários em relação ao sucateamento da frota e por fotos constatarem o péssimo estado dos veículos, negou que os micro-ônibus estivessem em péssimas condições. Confira abaixo a nota na íntegra:

“A CENTRAL das Cooperativas de Transporte de Parauapebas, vem a público responder a solicitação do Portal Pebinha de Açúcar na pauta em que noticia haver ônibus do transporte público sucateados.
A afirmação é improcedente, sendo que, nesta data, 18 de maio de 2022, dos 60 ônibus que compõe a frota do transporte de passageiros, 46 estão rodando, 5 compõe a reserva, 6 estão em revisão e 3 em manutenção.
A reserva compreende os carros que ficam disponíveis para o caso de algum dos 46 rodantes venha a quebrar; a revisão significa o trabalho que é feito com frequência para garantir a segurança dos usuários; e a manutenção é a recuperação de peças danificadas que compromete o uso do veículo.
As condições de várias ruas de Parauapebas tem exigido mais atenção da equipe de mecânicos da CENTRAL, que passa a ter mais trabalho em reposição de peças, principalmente no que tange a parte de suspensão (amortecedores e molas), o que se faz necessário levantar o veículo podendo levar alguns dias para sua conclusão; além disso as paradas para revisão tem sido mais frequentes, pois, com as condições nas vias, os freios são acionados com mais frequência além de ser exigido maior esforço do sistema de direção.
A CENTRAL reitera seu compromisso de manter o atendimento aos usuários do transporte público, com a consciência de estar TRANSPORTANDO VIDAS e, mesmo diante dos altos custos dado aos constantes reajustes do combustível (diesel) e dos desgastes sofridos pelos veículos devido as condições das vias, tem mantido o preço que, nos últimos três anos, teve apenas um reajuste”.

veja também