Com mais de 20 mil candidatos, inscrições do Processo Seletivo Seduc seguem até 00h00

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Está restabelecido, desde a noite da última sexta-feira (23), o acesso ao edital do Processo Seletivo Simplificado (PSS) que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) abriu para contratar servidores temporários da área administrativa.

Estão sendo ofertadas 1.202 vagas, sendo 375 para merendeira/merendeiro, 454 para servente, 120 para vigia e 253 para assistente administrativo. O prazo prorrogado para inscrição termina na segunda-feira (26).


Até o final da manhã de sábado (24), mais de 20 mil candidatos já haviam feito a inscrição no portal www.seduc.pa.gov.br. A prorrogação ocorreu depois que o portal ficou inoperante devido à inconsistência de conexão.

Ao final da noite desta sexta-feira, os problemas foram equacionados pela segunda vez e o acesso ao Edital 01/2018 voltou a funcionar, restabelecendo o processo de inscrição dos candidatos.

A inconsistência do acesso ao portal coincidiu, na quarta-feira (21), com o  rompimento do ramal da concessionária de energia, que abastece a sede da Secretaria, onde estão instalados os servidores do centro de informática. Ao ser restabelecida a energia, depois de mais de 24 horas de interrupção, os computadores apresentaram a instabilidade que impediu os internautas fazerem a inscrição.

Os servidores voltaram a funcionar no final da manhã da sexta-feira, mas o volume anormal de acessos ao link do edital do PSS Administrativo gerou novos problemas. “Chegamos a receber mais de sete mil requisições (acessos) por minuto e isso provocou a queda do sistema, prejudicando as pessoas que queriam se inscrever no processo seletivo”, explicou Jorge Andrade, chefe da Coordenadoria de Recursos Tecnológicos e Informática da Seduc.

O site se estabilizou entre o meio dia e 15 horas da sexta-feira, mas o volume crescente de requisições de acessos provocou novos problemas, que foram sanados já à noite. Por volta das 22 horas, o acesso voltou a funcionar plenamente. “Trabalhamos intensivamente durante dois dias ininterruptos, juntamente com técnicos da Prodepa, para encontrar a solução o mais rápido possível, tal a demanda de candidatos ao PSS, que estava reprimida”, acrescentou o coordenador.

Diante dos problemas técnicos, a Seduc divulgou nas redes sociais uma nota pedindo desculpas, especialmente aos interessados na seleção. A nota garantiu que não haverá prejuízo do prazo de inscrição, que se encerrará somente a meia noite de segunda-feira (26).

“Nossos técnicos agiram ciosos da responsabilidade que significa manter em perfeita operação um centro de dados com as proporções que tem o da Seduc, principalmente num momento em que milhares de pessoas buscam uma vaga de trabalho. Respeitamos isso e fizemos tudo para dar a resposta adequada e solucionar o problema técnico a contento”, disse a secretária de Educação, Ana Claudia Serruya Hage.

Reportagem: Nélio Palheta

Publicidade

veja também