Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Com Parauapebas no topo, venda de veículos no Pará permanece em crescimento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto: REUTERS/Roosevelt Cassio

Um crescimento de mais de 30%, quando comparado ao mesmo período de 2018, e de 0,88%, quando comparado os meses de janeiro a fevereiro deste ano. Esse foi o resultado de vendas de veículos (automóveis, motocicletas e caminhões/ônibus) no Pará no mês de fevereiro, segundo o Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos e Máquinas do Pará e Amapá (Sincodiv).

As concessionárias e montadoras no Pará venderam no segundo mês do ano 7.991 veículos novos, incluindo 2.504 automóveis, 4.534 motocicletas e 118 caminhões/ônibus, enquanto que em janeiro foi comercializado um total de 7.921 veículos. Comparando os resultados segmentados de fevereiro com janeiro, registrou-se queda de 3,19% no segmento de automóveis e comerciais leves, aumento de 5,56% no de motocicletas e queda de 44,34% no de caminhões/ônibus.


Para os representantes do Sindicato, este incremento na comercialização de veículos se deve, entre outros fatores, às promoções oferecidas pelas concessionárias. “Para se ter uma ideia dos valores de mercado, hoje se adquire um carro zero quilômetro pelo mesmo preço de três anos atrás”, explica Karina Denardin, presidente do Sincodiv. “Além disso, as linhas de créditos para financiamento de automóveis se multiplicam, graças à redução do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), com juros cada vez menores e prazos maiores”, analisa a presidente.

Rankings – Mantendo os resultados de janeiro, as motocicletas continuaram sendo os veículos mais procurados pelo consumidor paraense, em fevereiro. A Honda mantém a liderança absoluta no segmento, respondendo por quase 90% da comercialização de motos no período, seguida da Yamaha, que ocupa a segunda posição, com cerca de 9%.

Mas a procura por automóveis ainda é considerável no mercado paraense. Os carros da Volkswagen, GM, Hyundai e Fiat foram os mais procurados em fevereiro. Quanto às vendas de caminhões e ônibus no mês de fevereiro, a expectativa de crescimento não foi confirmada pelos números: 118 vendidos em fevereiro, contra 212 em janeiro.

Segundo a presidente do Sindicato, a expectativa é manter ou intensificar este ritmo ao longo do ano. “O objetivo do Sincodiv é manter a onda de crescimento oferecendo sempre o melhor para os nossos clientes e assim evitando demissões no setor”.

Outros municípios – O diferencial dos municípios foi a liderança de Parauapebas, no sudeste paraense, na venda de ônibus, com incremento de 54,05%. Nos outros segmentos a capital, Belém, se mantém na liderança, tendo Ananindeua e Marabá se revezando na segunda locação na venda de automóveis, caminhões e motos. Em automóveis, Ananindeua segue na vice liderança com 10,94% das vendas. No setor de caminhões e motos, Marabá está em segundo lugar nas vendas com 13,58% e 6,46%, respectivamente.

Publicidade

Veja
Também