Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Com ressalvas, SINTEPP aprova proposta da mesa de negociação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto: Arquivo

Em Assembleia, ocorrida no na última terça-feira (16), no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), após análise ponderada da realidade, por ampla maioria, a categoria de profissionais ligada ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – Subsede de Parauapebas (SINTEPP), aprovou a proposta da mesa de negociação, ficando para ser encaminhada da seguinte forma:

REAJUSTES


5% (cinco por cento) de reajuste salarial; R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais) de auxílio alimentação, com retroativo desde janeiro, pago em quatro parcelas a partir da folha de maio de 2019.

HORA ATIVIDADE

O projeto de ampliação da hora atividade de 25% para 33%, será encaminhado juntamente com o projeto do reajuste salarial e do auxílio alimentação e o governo se compromete a pagar 4% (quatro por cento) este ano, a partir da sua aprovação pela Câmara Municipal, e mais 4% a partir de Janeiro de 2020.

FORMAÇÃO

Foi incluído ainda na mesa de negociação, a reivindicação de formação a nível de pós graduação (especialização e mestrado). Sobre esse ponto o governo solicitou ao SINTEPP um levantamento da demanda e uma proposta que deverá ser apresentada à Secretaria Municipal de Educação até junho de 2019.

Por fim, foi deliberado um prazo para o governo encaminhar até o dia 23/04/2019 a pauta econômica da categoria para Câmara Municipal de Parauapebas, tendo em vista o descumprimento da mesma no ano passado.

Foi deliberado ainda, adesão à Paralisação Nacional contra a reforma da previdência no dia 24/04/2019.

Publicidade

Veja
Também