Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Com salários atrasados, funcionários paralisam obras do Residencial Alto Bonito em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a manhã desta segunda-feira (26), homens que trabalham em empresas que fazem parte do consócio de construção dos apartamentos do Residencial Alto Bonito “cruzaram os braços” e paralisaram as obras do empreendimento imobiliário que fica localizado em Parauapebas e é fruto de uma parceria do Governo Federal com a prefeitura local.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar esteve no local durante a manhã de hoje e constatou que os funcionários alegam estar com salários atrasados e decidiram paralisar as atividades com o objetivo de pressionar os diretores das empresas para que os pagamentos sejam feitos.


De acordo com o construtor Sandro Mauro Andrade Barbosa, os mais de trezentos funcionários que exercem atividades na construção do Residencial Alto Bonito decidiram entrar em greve por conta de salários atrasados. “Estamos com três meses de salários atrasados e ninguém nos dar explicação, a não ser a desculpa de que a Caixa não vem repassando verba e a empresa responsável está sem dinheiro para pagar os trabalhadores. Eles querem fazer para a gente um vale de R$ 400,00, porém, nós não iremos aceitar”, relatou o trabalhador, que afirmou que ele e seus colegas só retomam as obras do residencial quando os problemas de salários atrasados forem resolvidos.

Por sua vez, Roberto Mani, representante da empresa QualyFast, que é a construtora geral do Residencial Alto Bonito, informou à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar que os trabalhadores de fato estão com salários atrasados, porém, menos de um mês. “Os trabalhadores receberam salários normalmente nos dois últimos meses, porém, os que eram para ser pagos neste mês, realmente estão atrasados. Estamos aguardando um repasse de verba da Caixa Econômica Federal, porém, ainda não saiu. Estamos sempre com esse atraso por causa da Caixa, e infelizmente, esse mês está demorando ainda mais. Os pagamentos da caixa vêm atrasando desde outubro de 2014, a construtora vem sofrendo com esses atrasos e o que vem mantendo a obra são os repasses da Prefeitura de Parauapebas que estão todos em dia, porém, com os atrasos por conta da Caixa Econômica, os problemas aumentam e a situação financeira fica difícil, porém, queremos pagar os funcionários ainda essa semana”, disse Roberto.

Sobre a obra

Empreendimento é fruto da necessidade de reurbanizar uma invasão desordenada que se chamava Alto Bonito.
Atualmente, o Residencial Alto Bonito conta com mais de 1.000 unidades habitacionais em construção. O projeto contempla toda a infraestrutura necessária para atender aos futuros moradores e seus visitantes.
O residencial conta também com áreas verdes, que totalizam 27.876,11m². Os espaços habitacionais estão integrados a um projeto de paisagismo que inclui espécies arbóreas nativas. Prevê áreas institucionais para a futura implantação de creches e postos de saúde.

Publicidade

Veja
Também