Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Comandante da Polícia Militar desmente áudio sobre ataques em escolas de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Gledson deixa Parauapebas e voa mais alto para Belém do Pará

Depois do massacre que ocorreu em uma escola estadual no município de Suzano (SP), onde os assassinos de 17 e 25 anos mataram sete pessoas, várias notícias com conteúdos falsos começaram a circular em várias regiões do Brasil, deixando pais e alunos apreensivos e preocupados.

Durante a tarde de ontem (21), vários pais e alunos entraram em contato com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, para saber a veracidade de um áudio que está sendo compartilhado em grupos de WhatsApp, dando conta que policiais estavam desfaçados na Escola Faruk Salmen, em Parauapebas e acabaram coibindo um suposto ataque que seria feito por alunos do primeiro ano. De acordo com o áudio, cinco alunos foram presos e os mesmos estavam com pistolas em suas respectivas mochilas.


Informação mentirosa

A reportagem do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com o Major Gledson Santos, Comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar em Parauapebas, que foi enfático ao afirmar que as informações são mentirosas e têm o objetivo de aterrorizar a população.

Veja abaixo o áudio com informações mentirosas que está sendo compartilhado nas redes sociais:

Publicidade

Veja
Também