Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Combustíveis vendidos em Parauapebas estão entre os mais caros do Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O litro da gasolina foi comercializado na semana passada (19 a 25 de janeiro), no Estado do Pará, em média a R$ 4,678 com o menor preço a R$ 4,099 e o maior a R$ 5,500, ficando entre os mais caros do País. A informação foi divulgada pelo Dieese/PA com base em informações da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Ainda segundo o levantamento do Dieese/PA, no mesmo período analisado o preço médio do litro da gasolina comercializada em postos de combustíveis de Belém foi de R$ 4,560 com os preços variando entre R$ 4,450 a R$ 4,699.


Entre os demais municípios paraenses, Parauapebas foi o que em média comercializou o litro da gasolina mais caro no período analisado, custando R$ 5,192 com o menor preço a R$ 5,099 e o maior a R$ 5,299, seguido de Redenção (R$ 5,070 com o menor preço a R$ 5,060 e o maior a R$ 5,090); Abaetetuba (R$ 5,035 com o menor preço de R$ 4,789 e o maior a R$ 5,500); Altamira (R$ 5,005 com o menor preço a R$ 4,890 e o maior R$ 5,090) e Conceição do Araguaia (R$ 4,928 com o menor preço a R$ 4,799 e o maior a R$ 4,979).

DIESEL

Ainda segundo o estudo do Dieese/PA, o litro do óleo diesel (S10) no Pará continua entre mais caros do País. O produto foi comercializado no Estado, no mesmo período analisado, em média a R$ 4,083 com o menor preço a R$ 3,740 e o maior a R$ 4,599. Em Belém, o preço médio foi de R$ 4,163 com os preços variando entre R$ 3,899 a R$ 4,499.

Entre os demais municípios paraenses, Altamira foi o que em média comercializou o litro do diesel mais caro, custando R$ 4,431 com o menor preço a R$ 4,050 e o maior a R$ 4,599, seguido de Alenquer (R$ 4,383 com o menor preço a R$ 4,350 e o maior a R$ 4,450); Parauapebas (R$ 4,367 com o menor preço de R$ 4,290 e o maior a R$ 4,499) e Santarém (R$ 4,224 com o menor preço a R$ 4,130 e o maior R$ 4,310).

O levantamento do Dieese/PA foi realizado antes da redução anunciada ontem pela Petrobras de 3% no preço da gasolina e do diesel na refinaria e que já está em vigor.

Publicidade

Veja
Também