Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Comdcap afirma que resultado definitivo da eleição para conselheiro tutelar será divulgado 25 de outubro

O resultado preliminar da apuração dos votos da eleição dos Conselheiros Tutelares de Parauapebas foi divulgado hoje, 04, pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (Comdcap), por meio da Comissão Especial Eleitoral. A eleição do domingo, 1º, teve dois empates e um deles definiu o décimo conselheiro titular.

O domingo foi bastante movimentado por todo o país, em Parauapebas não foi diferente, mais de 24 mil e novecentas pessoas foram às urnas exercer a cidadania escolhendo os dez titulares e os dez suplentes que atuarão pelos próximos quatro anos na luta pela garantia de direitos das crianças e adolescentes no município.

Um avanço nesse processo foi o auxílio das urnas eletrônicas, que foi possibilitado pela parceria com o Tribunal Regional Eleitoral. Diferente das eleições convencionais, as urnas disponibilizadas tiveram somente o sistema de impressão do Boletim de Urna (BU), o que fez com que a apuração dos votos demorasse um pouco mais.

Ao todo foram 63 urnas distribuídas em 21 polos de votação, espalhados pela zona urbana e rural e, conforme o presidente da Comissão Especial Eleitoral, Juvenal Lima, o uso das urnas foi um avanço importante, mas disse também que é preciso continuar buscando meios para facilitar o voto e a contagem, chegando o mais próximo da eleição convencional.

Foi uma das eleições para o conselho tutelar com maior participação de eleitores. 24 mil novecentos e setenta e cinco pessoas foram às urnas. 24 mil e oitocentos e um votos válidos, 23 brancos e 151 nulos.

Na apuração, dois candidatos empataram na décima posição, Frankão e Neta. Conforme a comissão, o critério de desempate é a nota da prova realizada durante o processo, determinação preconizada no artigo 102, 5° Parágrafo, da Lei 4573/2014, que consolida as disposições atinentes à organização do Conselho Tutelar de Parauapebas. No caso, o candidato Frankão conseguiu a vaga de titular por ter conseguido uma nota maior na prova que testa os conhecimentos dos candidatos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente.

O empate também ocorreu entre os candidatos Ivan Braga e Maykon Steban. Ambos tiraram 749 votos e, pelo critério, Ivan Braga ficou com a 16ª colocação, ocupando uma das vagas de suplente.

Importante ressaltar que o resultado definitivo será divulgado até o dia 25 de outubro, quando se esgotam todas as instâncias de recursos.

Abaixo, o resultado preliminar:

1 – Pastora Tayara – 1777

2 – Alani Pincer – 1461

3 – Vaurismar Nascimento – 1320

4 – Juliana Barbosa – 1286

5 – Pastora  Edileuza – 1120

6 – Abraão Cavalcante – 1063

7 – Augusta – 1058

8 – Hilka Moreno – 1025

9 – Nil – 964

10 – Frankão – 925

11 – Neta – 925

12 – Liliane Araújo – 918

13 – Flaviana Milanio Kelles – 915

14 – Vanda Ferreira – 844

15 – Madson Albuquerque – 803

16 – Ivan Braga – 749

17 – Maykon Steban – 749

18 – Libia Ferreira – 748

19 – Raira  Leal – 729

20 – Deyse Araújo – 710

21 – Raymara Martins – 642

22 – Robson Cordeiro – 623

23 Gleidson Brito –           587

24 – Daiane Arruda – 559

25 – Jessica Juliete – 427

26 – Tereza Oliveira – 424

27 – Ozeas Junior – 343

28 – Vioney Nunes – 326

29 – Viviane Leão – 321

30 – Suê Elizabeth – 281

31 – Sandra  Fontinele – 179

Reportagem: NANDES LIMA

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário