Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Parauapebas faz visitas em escolas estaduais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante toda a manhã e parte da tarde de sexta-feira (27), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Parauapebas, encabeçada pelo vereador Israel Pereira Barros, o Miquinha (PT), acompanhada pelos parlamentares Bruno Soares (PP), Eliene Soares (PT), Maridé Gomes (PSC) e Luzinete Batista (PV), além de representantes da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Pará (SINTEPP), inspecionou o estado dos prédios onde funcionam escolas e anexos da rede estadual de ensino em Parauapebas.

Além dos vereadores, a visitação nas escolas da rede estadual contou também com engenheiros da Secretaria Municipal de Obras e de um soldado do Corpo de Bombeiros, que ficaram responsáveis por expedir laudos técnicos das escolas que recebem diariamente milhares de estudantes do ensino médio.
“Fiz questão de acionar o Corpo de Bombeiros e os engenheiros da Divisão de Educação da Secretaria Municipal de Obras de Parauapebas para que juntos pudéssemos chegar a uma conclusão mais técnica de como se encontram as escolas estaduais de nossa cidade”, relatou o vereador Bruno Soares, Líder da Bancada do Partido Progressista na Câmara Municipal de Parauapebas.


Escolas visitadas
A comissão visitou as escolas estaduais Marluce Massariol, Eduardo Angelem (e seus anexos), Plácido de Castro e anexos da Faruk Salmen. Na oportunidade, engenheiros da Secretaria Municipal de Obras de Parauapebas (SEMOB) e a equipe de vistoria do Corpo de Bombeiros fizeram relatórios dos prédios e se comprometeram em repassarem para a Comissão de Direitos Humanos, que por sua vês, irá elaborar um documento para pressionar o Governo do Estado do Pará, para que melhorias sejam apresentadas em prol dos estudantes de Parauapebas que constantemente estão fazendo manifestações na cidade.

Corpo de bombeiros notifica escolas
De acordo com Valdireno Guido, primeiro Sargento e vistoriante, em todas as escolas que foram vistoriadas pela comitiva, nenhuma delas contava com plano contra incêndios e pânico, que é necessário passar pela vistoria do Corpo de Bombeiros Militar. Por essa ausência, o órgão de segurança notificou os estabelecimentos de ensino, para que num prazo de 28 dias seja providenciado tudo o que a legislação de segurança pede.
Todos os prédios contam com falhas no sistema de combate à incêndios, falta de climatização nas salas, parte elétrica que oferecem perigos aos alunos e professores, extintores de incêndios vencidos, sistema de esgoto sucateados e várias outras irregularidades.

Na próxima segunda-feira (30), haverá uma reunião na Câmara Municipal de Parauapebas com a Comissão de Direitos Humanos e demais vereadores, para avaliação dos laudos técnicos expedidos por engenheiros da Secretaria Municipal de Obras (SEMOB) e equipe de vistoriação do Corpo de Bombeiros, onde, os parlamentares irão elaborar outro documento, solicitando das autoridades municipais e estaduais providências em relação às escolas visitadas.

Reportagem e fotos: Bariloche Silva / Portal Pebinha de Açúcar

Confira as fotos da visita:

Publicidade

Veja
Também