Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Comissão Municipal de Emprego se reunirá com representantes da Vale

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

À frente o presidente Adenilton Alves de Freitas, representante do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Parauapebas e Região (Sintracpar), a Comissão Municipal de Emprego tem a finalidade de buscar alternativas que visem proporcionar mão de obra aos trabalhadores do município e região.

Neste sentido, a comissão vai se reunir na próxima quinta-feira, 19 de novembro, às 15 horas, no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), com representantes da empresa Vale, para discutir assuntos referentes à contratação de mão de obra das contratadas da mineradora, através do Sistema Nacional de Emprego (Sine), bem como firmar parcerias entre mineradora, empresas terceirizadas e Sine.


Além da Vale, a Comissão Municipal de Emprego pretende manter diálogo também com Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (Acip), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e empresas contratadas, com a finalidade de propor estratégias para o fortalecimento do Sine na condição de referência no encaminhamento de mão de obra para o mercado de trabalho.

De acordo com João Batista Viana Ewerton, atual coordenador do Sine e secretário executivo da Comissão Municipal de Emprego, o Sine é um termômetro da atual realidade econômica que se encontra no município de Parauapebas, dado a grande demanda pelo benefício do seguro desemprego.

“Na contramão disso”, continua João Batista, “o Sine deixou de fazer a sua função principal, que é o encaminhamento de mão de obra para o mercado de trabalho, uma vez que as empresas deixaram de disponibilizar vagas ao Sine”.

Conforme ainda João Batista, a unidade local do Sine disponibiliza infraestrutura necessária para atender à demanda das empresas por mão de obra e um auditório para as empresas fazerem as entrevistas com os candidatos às vagas oferecidas, além de uma equipe formada por 18 profissionais contratados pela Prefeitura de Parauapebas e capacitados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Reportagem: Waldyr Silva

Publicidade

Veja
Também