Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Concurso Público do Corpo de Bombeiros deve beneficiar Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O tão aguardado edital para o Concurso Público do Corpo de Bombeiros foi publicado no dia 6 deste mês e as expectativas que eram grandes, ficaram ainda maiores. Isso porque de acordo com o documento, o concurso ofertará 330 vagas, sendo 300 para soldados e 30 para oficiais, com remuneração que variam de R$ 1.005,71 a R$ 5.469,59.

As inscrições começaram nesta quarta-feira, dia 11 de novembro e vão até o dia 9 de dezembro de 2015.


De acordo com o Comandante do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, Marcos Leão, só será possível saber quantos bombeiros serão acrescentados na corporação da cidade após o curso de formação.
“Nós já esperamos esse concurso há tempos, devido a nossa demanda ser bastante grande, assim como a de outros municípios do Estado também. Quanto mais rápido sair o concurso, melhor. Muitos quarteis estão sendo criados no Estado, Canaã dos Carajás é exemplo disse e necessitará, assim como o nosso, de efetivo”, diz o comandante.

No Pará existem aproximadamente 2.900 bombeiros. Em Parauapebas o efetivo é de apenas 52 agentes, quatro são mulheres.

Ainda de acordo com o Comandante, o município tem demandas grandes, principalmente nas áreas de prevenção e vistorias, combates e salvamentos.
“Nossa expectativa é que após formados no curso de soldado que dura de oito a dez meses é que eles possam nos ajudar com as demandas”, destaca Leão.

O curso de oficial tem duração aproximada de três anos que ajudarão na administração e gerência dos quarteis.

A organizadora do concurso é a Consultoria e Planejamento em Administração Pública (Consulplan). Os candidatos podem se inscrever no site www.consulplan.net. O valor da inscrição é de R$ 98,50 para todos os cargos disponíveis. A primeira fase do concurso será realizada no dia 17 de janeiro no próximo ano.

A soldado Helena Gonçalves foi aprovada no Concurso de Combatentes de Praças realizado em 2007. Segundo ela, o principal desafio foi dá a resposta que o público esperava dentro das ocorrências.
“Foi uma incógnita em saber como a mulher iria se comportar dentro da corporação, o trabalho do bombeiro é bem diverso. As ocorrências têm várias ramificações, tanto na área aquática, terrestre, altura, florestal”, disse.

A soldado detalha os processos pelo qual passou para entrar na corporação, o certame é similar com o qual os candidatos vão passar para fazer parte do batalhão.
“Foi realizada um prova escrita, em seguida fomos chamados para as provas psicologias e médicas, logo depois foi a prova do teste físico que é bem ‘sugado’. São vários testes dentro da piscina, corrida, barra. O ideal é que as pessoas se preparem para as provas físicas enquanto estudam para a prova escrita”, orienta.

Reportagem: Stéfani Ribeiro – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também