Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Concurso Repórter Mirim chega ao fim e premia vencedoras

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fotos: Felipe Borges

“O ganho pedagógico foi tirar a impressão de que sala de aula é um lugar sem graça e que estudar é algo rotineiro”, explicou Luís Vieira, secretário municipal de Educação de Parauapebas no evento que premiou as quatro primeiras colocadas no concurso Repórter Mirim; um evento realizado em parceria entre a Prefeitura Municipal de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e Rede Brasil Amazônia de Comunicação (RBATV).

De acordo com o diretor da emissora em Parauapebas, Rodolfo Ramos, a ideia da emissora foi abrir suas portas para que a comunidade conheça como é “por dentro” da TV e assim despertar em jovens possíveis talentos que, em um futuro próximo, possa vir a ser posto em prática tornando-os grandes profissionais. “Nosso ganho é ver a empolgação de tantos que participaram, independente do resultado. Víamos uma alegria imensa durante as gravações e a ansiedade em ver a produção final da matéria”, contou Rodolfo, dando conta de que outros concursos devem ser promovidos pela emissora através de parcerias que podem ser firmadas com as iniciativas pública ou privada.


Sobre o processo de seleção – Os diretores das escolas públicas municipais receberam o regulamento e fizeram as inscrições (vídeos e ficha com descrição do projeto) dos alunos na Semed até o dia o dia 04 de julho. O material foi avaliado dia 5 de julho por uma comissão de jornalistas formada pela Assessoria de Imprensa da Semed e da Prefeitura, de acordo com os seguintes critérios: relevância do projeto e desenvoltura do aluno.

Após essa peneira, foram selecionados os quatro melhores:
1° – Projeto: “Meu mundo, nosso espaço em transformação” – Escola Eurides Santana;
2° – Projeto: “Construindo o Futuro/Protagonismo Juvenil e a Tecnologia Digital” – Escola Novo Horizonte;
3° – Projeto: “Andar entre Livros” – Escola Paulo Fonteles de Lima;
4° – Projeto: “Educação Social Humanizadora” – Escola João Evangelista;

A produção foi feita nas escolas nos dias 7 e 8 de agosto com o apoio de profissionais da RBATV e após formatado, a exibição das matérias ocorreram no programa Barra Pesada (RBATV) entre os dias 13 a 16 de agosto; posteriormente, as matérias passaram por uma enquete no fecebook da prefeitura para que o público escolhesse a de sua preferência.

As quatro concorrentes passaram pelo “crivo” de um corpo de jurado técnico, formado por profissionais da comunicação que, na tarde desta quinta-feira (22), quando foram escolhidas melhores matérias e dado a classificação final. “Não foi fácil, pois todas as concorrentes têm padrão de qualidade semelhante, bem como os projetos apresentados que foram alvos das pautas das reportagens concorrentes”, afirmou Nayara Cristina, jornalista que participou do corpo de jurados.

 

A competição teve direito a torcida organizada que vibrava defendendo a vitória das respectivas concorrentes. No final, o resultado teve a seguinte classificação:
4ª colocada: Vitória de Jesus Lima, da escola João Evangelista; com 35,9 pontos.
3ª colocada: Késia de Sousa Costa, da escola Eurides Santana; com 37 pontos.
2ª colocada: Mayara da Silva Sales, da escola Novo Horizonte; com 38,9 pontos.
1ª colocada: Cibele Alves da Silva, da escola Paulo Fonteles; com 43,3 pontos.

De acordo com as vencedoras, o apoio da família sempre é importante em momentos como este; prova disso a presença das mães que estiveram até o final, torcendo e apoiando as filhas, independente do resultado.

Publicidade

Veja
Também