Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Conferência Municipal de Saúde de Tucumã elenca propostas e elege delegados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com este objetivo a 11ª Conferência Municipal de Saúde de Tucumã foi realizada, na terça e quarta-feira (14/15), no Salão Paroquial Nossa Senhora Aparecida da Igreja Católica do Município, tendo como tema: Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas.

Durante o evento que teve como meta de elaborar o Plano Municipal de Saúde, profissionais de saúde do município de Tucumã, usuários do Sistema Único de Saúde, gestores públicos, especialista e sociedade civil discutiu oito eixos temáticos que nortearam a Conferência Municipal de Saúde de Tucumã. Lembrando que o Conselho Municipal de Saúde de Tucumã devem encaminhar um relatório final da realização da conferência com um conjunto de diretrizes e propostas a Comissão Organizadora da Etapa Estadual até 31 de julho para a aprovação das propostas do município de Tucumã.


Palestras – Houveram as palestras do coordenador de Atenção Primária e Coordenador de Vigilância em Saúde, Mario Lacerda, Esclarecimentos do Modelo Atual do Financiamento da Rede Municipal palestrante Wendy Siqueira, Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade, participação social, palestrante especialista em gestão e sistema de serviço de saúde, palestrante Mara Santos Marinho. Palestra valorização do trabalho e educação em saúde. Financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e relação público – privado. Gestão do SUS e modelo de atenção à saúde, palestrante especialista em saúde mental, enfermeiro do trabalho e pós-graduado em gestão pública enfermeiro Jander Vinicius. Palestra informação, educação e política de comunicação do SUS, ciências, tecnologia e inovação no SUS, reformas demográficas e populares do estado, palestrante especialista em clínica geral, pós – graduada em dermatologia, Dr. Wilma Vieira, que falou para um público composto por trabalhadores da área e membros da comunidade. Vale salientar que índios da etnias Kayapós ligados ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) que agora são assistidos pela a Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) e não mais pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI), também tiveram a oportunidade de apresentarem suas demandas.

Grupos temáticos – Já na parte da tarde do dia 15, os participantes reuniram-se em três grupos temáticos: Grupo um, coordenado pela a Dr. Luzilene Naziozene, coordenadora em saúde bucal, trabalhou a garantia de acesso a atenção de qualidade. Grupo dois, gerenciando por Jander Vinicius especialista em saúde mental abordou as questões de valorização do trabalhador e educação em saúde. Em quanto que o grupo três tendo como responsável Patrícia Maria Witeck, coordenadora de vigilância em saúde, apontaram o financiamento do Sistema Único de Saúde e modelo de atenção à saúde.

Ao final do encontro, cerca de 36 propostas foram aprovadas em plenária e serão levadas em Belém, na Conferência Estadual, para serem debatidos pelos delegados enviados pelo o município de Tucumã. Lá o encontro será na segunda quinzena de setembro. Representando Tucumã foram eleitos delegados representando os usuários, os trabalhadores em saúde e os gestores e prestadores de serviço. Além e claro de serem eleitos os novos componentes de nove entidades que representaram o Conselho Municipal de Saúde de Tucumã.
Propostas – Confiram no site oficial da Prefeitura de Tucumã todas as 36 propostas aprovadas na Conferencia Municipal de Saúde de Tucumã: Acesse: WWW.PRFEITURADETUCUMA.COM.BR.

Reportagem: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar – Com informações da Ascom

Publicidade

Veja
Também