Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Continua sem identificação corpo de assaltante que foi morto pela polícia após praticar arrastão

Um homem não identificado morreu após atirar contra militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM), durante a noite da última segunda-feira (11) em Parauapebas.

Conforme a ocorrência policial, a guarnição foi informada através do grupo do 23° Batalhão, que teria um homem realizando diversos assaltos nos bairros Casas Populares I, Vila Nova e Minérios, e que ele estaria trafegando em uma motocicleta Honda Bros, cor preta, sem placa e com farol desligado.

Pouco tempo que os agentes saíram do Residencial Alto Bonito, avistaram um motociclista com as mesmas características e imediatamente o condutor recebeu ordem de parada, entretanto, não obedeceu e empreendeu fuga pela Rodovia PA-160, quando caiu da motocicleta na Rua Grajaú, entre os bairros Casas Populares I e II. Ele teria continuado a fuga a pé e em determinado momento teria apontado a arma em direção a um dos policiais, momento em que foi baleado por disparos de pistola calibre .40.

O Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados via Centro de Controle e Operações (CCO), contudo, devido a demora, os militares solicitaram apoio de uma outra viatura e encaminharam o suspeito para o Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), entretanto, ele não resistiu aos ferimentos. Em posse dele estavam sete aparelhos celulares produtos de roubo, além de outros objetos.

Diversas vítimas compareceram na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

ATUALIZAÇÃO 10h43:

Durante a manhã desta quarta-feira (13), a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar teve acesso ao do elemento que foi morto, trata-se de Raimundo Leandro Sousa Citrino que tinha 34 anos de idade.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário