Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Convocada a IV Conferência Municipal de Juventude de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O prefeito Darci Lermen assinou na quinta-feira passada, dia 19 de setembro, o Decreto 1.204/2019, que convoca a IV Conferência Municipal de Juventude, em Parauapebas. O evento, que deverá reunir as principais lideranças jovens da cidade, acontecerá nos dias 6 e 7 de dezembro na Câmara Municipal.

Falando sobre a Conferência, Rafael Ribeiro, ex-vereador e atual coordenador municipal de Juventude, disse que é “necessária e estratégica” visando “estabelecer rumos e metas” para as políticas de juventude na cidade.
“Temos um grande conjunto de temas para debater. Todos são relevantes, mas alguns, pelas características da nossa cidade, ganham especial destaque”, diz Ribeiro. Entre os temas que serão debatidos na IV Conferência, Rafael destaca a inserção do jovem no mercado de trabalho, a violência que vitimiza os jovens e o papel da educação como instrumento de resgate dessa juventude.


“Entendo que esses três assuntos estão relacionados. A carência na educação dificulta o acesso ao mundo do trabalho e, por conta disso, aumenta a frustração de alguns que acabam seduzidos pela criminalidade e se tornam, muitas vezes, algozes de outros jovens”, explica Rafael Ribeiro.

O coordenador municipal de Juventude, tem razão. Se a taxa de matrículas no ensino fundamental se aproxima de 100% dos alunos em idade escolar, no ensino médio não é bem assim. O percentual de alunos que estão em sala de aula no ensino médio é bem menor, além do abandono e da repetência serem mais recorrentes. Isso acaba formando um “funil” que restringe as oportunidades.

“Justamente por isso é que a Coordenadoria Municipal de Juventude (CMJ) vem apresentando algumas iniciativas, entre elas o apoio para a realização do Cursinho Popular da Juventude, início do processo do Diagnóstico Municipal de Juventude, projeto Cara a Cara com a Juventude, entre outras medidas”, lembra Rafael Ribeiro.

Rafael Ribeiro – Coordenador Municipal de Juventude

 

Rafael também falou sobre o papel da CMJ no enfrentamento a esses desafios. “Queremos oferecer mais e melhores oportunidades para nossos jovens. Não podemos deixar que eles recebam tantos “não” da vida. As políticas públicas em Parauapebas visam dizer “sim, vocês podem” aos jovens da cidade e será sobre os efeitos dessas políticas que vamos debater na IV Conferência Municipal da Juventude. Por isso, considero estratégico e absolutamente necessário esse evento”.

De acordo com o Decreto 1.240, uma comissão organizadora foi formada e será responsável pela elaboração do Regimento Interno da Conferência que será aprovado pelo Conselho Municipal de Juventude. Regras para a participação no evento, a eleição dos membros do Conselho Municipal e a dinâmica da própria Conferência serão fixadas por este Regimento e divulgadas posteriormente.

Publicidade

Veja
Também