Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Cooperativa de Parauapebas conquista mais de R$ 400 mil de plataforma

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Cooperativa dos Extrativistas da Flona de Carajás (Coex Carajás) foi uma das 15 contempladas na rodada de negócios da plataforma Parceiros Pela Amazônia (PPA), realizada dia 6 de dezembro, em Manaus (AM). A cooperativa, criada em 2011 e que tem 39 cooperados, receberá mais de R$ 400 mil reais.

O objetivo da Coex é gerar renda por meio da extração sustentável das folhas do jaborandí, matéria-prima para a formulação de produtos farmacêuticos, e da comercialização de sementes de outras espécies, atividade esta que já auxiliou na recuperação de mais de mil hectares de floresta.


“A Policarpina, princípio ativo do colírio para glaucoma, é extraída da folha do jaborandi, ou seja, nosso trabalho impacta diretamente na vida das pessoas. Já a coleta de sementes, vem contribuindo com o reflorestamento de áreas destruídas. A partir do incentivo financeiro recebido, queremos ampliar a nossa produtividade”, explicou a presidente da Coex Carajás, Ana Paula Ferreira.

A cooperativa concorreu com 201 instituições que participaram do processo seletivo do Programa de Aceleração da PPA, iniciado em junho deste ano. “Só conseguimos conquistar esse resultado importantíssimo para nossa cooperativa porque contamos com apoio do ICMbio, UFRA e Prefeitura de Parauapebas, sem esse apoio, seria impossível”, afirmou Ana Paula.

O ICMbio é responsável pela autorização do acesso dos cooperados à Floresta Nacional de Carajás, de onde retiram folhas e sementes do Jaborandí, e é um parceiro fundamental para o desenvolvimento do trabalho. A Prefeitura de Parauapebas apoia a cooperativa com suporte técnico a partir de um grupo de trabalho que envolve profissionais das secretarias municipais de Desenvolvimento (Seden), Planejamento (Seplan), Meio Ambiente (Sema) e Produção Rural (Sempror).

Ana Paula também destaca a importância da parceria com o Sistema OCP e com a UFRA, que desde 2015 fornece assessoria técnica para a cooperativa.

 

Publicidade

Veja
Também