Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Corpo de jovem que estava desaparecido é encontrado dentro de poço em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um desaparecimento ocorrido na tarde da última terça-feira (22), com desfecho triste para a família que agora espera o corpo de Ezequiel ser liberado pelo Instituto Médico Legal (IML).

Adalberto Pinto é tio do desaparecido, Ezequiel Pires Silva, que, desde terça-feira, não havia sido mais visto. De acordo com informações, o jovem saiu com colegas e a família soube à tarde que a polícia o havia prendido. Outra versão surgiu mais tarde, quando ele ligou para a namorada dizendo que apenas tinha levado “uma carreira da polícia”, porém não havia sido preso.


Depois disto, ainda conforme relatos de Adalberto, fez-se um silêncio quando se iniciou a procura pelo desaparecido. As buscas foram sugeridas nas proximidades do aterro sanitário de Parauapebas (lixão), onde, na tarde de quinta-feira, 24, em um poço, encontraram o corpo do jovem.

Quem comandou a guarnição responsável pela operação de resgate do corpo de Ezequiel, foi o sargento bombeiro Rosaildo, dando conta que a guarnição, ao atender o chamado, constatou a veracidade e procedeu a remoção. “A dificuldade foi grande, por si tratar de um poço de grande profundidade”, conta o militar, mensurando ter pelo menos 35 metros de profundidade, mas com o uso do sistema de rapel, o ato foi possível.

Familiares dão conta de que Ezequiel Pires Silva, de 18 anos de idade, que residia no bairro Tropical II, já tinha passagem na polícia e estava há três meses em liberdade. Outra informação trazida à nossa equipe de reportagens, é que no momento em que Ezequiel “levou a carreira da polícia”, estaria acompanhado de dois comparsas, ambos presos.

Foto da vítima, ainda em vida

 

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também