Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Crânio humano é encontrado em meio a aterro no Bairro Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante esta quinta-feira (5), funcionários que trabalhavam em um terreno de uma empresa que fica localizada no Bairro Cidade Jardim em Parauapebas, levaram um susto danado quando estavam espalhando duas carradas de barro que foram compradas para que o terreno recebessem as devidas reformas.

De acordo com informações de um dos responsáveis pela empresa que não quis se identificar, eles fizeram a compra de duas caçambas de aterro no comércio local para a regularização de um terreno no qual está sendo feita uma ampliação em uma área da empresa, foi quando por volta das 10h:30, que em meio ao aterro, durante a regularização do terreno os funcionários encontraram um crânio humano, parte da bacia do corpo e pedaços de roupas que aparentemente são femininas.


A Polícia foi acionada e o Superintendente Regional de Polícia Civil de Parauapebas, Delegado Thiago Carneiro, acompanhado de técnicos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves fizeram a vistoria no local, recolheram os materiais e encaminharam para perícias em Belém do Pará que irão ajudar nas investigações.

Perguntado se existe a possibilidade do crânio e bacia encontrados serem da comerciária Ana Karina que tinha 29 anos de idade e estava grávida de 9 meses quando, segundo a polícia, foi assassinada no dia 10 de maio de 2010 em Parauapebas ou de Joseane Alves da Silva, desaparecida desde a tarde do dia 08 de janeiro de 2012, onde segundo informações, ela teria saído de sua casa, localizada no Residencial Amazônia, em Parauapebas, para um ponto de van onde iria para a Igreja Testemunha de Jeová no Bairro da Paz, o Delegado Thiago disse que apesar dos casos serem antigos, “não podemos descartar essa possibilidade. Foi solicitada a perícia particular e aparentemente a ossada seja do sexo feminino, porém, antes das perícias não podemos dar detalhes exatos sobre este caso”, enfatizou o Delegado que disse que a Polícia está investigando para identificar de qual local o aterro foi retirado para que eles possam obter grandes resultados na solução do caso.

Reportagem: André Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também