Publicidade

Cruzeiro é rebaixado para a Série B

Foto: Felipe Correia/Photo Premium/Folhapress

A lista de clubes que nunca foram rebaixados perdeu mais um integrante. Na tarde de ontem, o Palmeiras venceu o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão e foi rebaixado para a Série B.

Precisando da vitória, além de torcer por um tropeço do Ceará no Rio de Janeiro diante do Botafogo, o time celeste foi para cima buscar o resutado que o salvaria. Mas não conseguiu ser eficiente. Apesar de ter maior posse de bola, não incomodava Weverton. E foi o Palmeiras que foi mais perigoso durante o jogo inteiro.


No primeiro tempo, o alviverde teve duas grandes chances. A primeira, com Zé Rafael, que obrigou Fabio a fazer defesa salvadora. Dudu tentou de fora, mas mandou sem força na mão do goleiro cruzeirense. A aposta do time palmeirense era justamente com o camisa 7 nas costas dos laterais.

Com gol do ex-meia celeste Marcos Vinícius, o Botafogo abriu o placar no Rio de Janeiro, dando uma esperança para o Cruzeiro. Mas o nervosismo e a falta de pontaria pesaram. Na melhor chance dos mandantes, Pedro Rocha recebeu sozinho na área, mas chutou por cima do gol.

Na etapa final, o time de Adilson Batista foi atingido por dois golpes seguidos. Primeiro, Rafael Veiga recebeu de Dudu, cruzou e Zé Rafael fez 1 a 0. Em seguida, o Ceará empatou com o Botafogo. Aos 39 minutos, Dudu apareceu livre pra cabecear e fazer o segundo.

O final da partida foi marcado por muita confusão nas arquibancadas do Mineirão. Torcedores do Cruzeiro soltaram bombas, quebraram cadeiras e entraram em confronto com a polícia. O jogo foi encerrado aos 40 minutos do segundo tempo, por falta de condições de segurança.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu