Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Darci ganha na espontânea e Valmir, na estimulada, diz Doxa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se as eleições fossem hoje, o cenário da vitória não estaria claro, considerando-se o fato de que os dois candidatos líderes estão em empate técnico. É o que se extrai a partir dos números da pesquisa mais recente do instituto Doxa, divulgada pela empresa na manhã desta terça-feira (20).

A disputa pela Prefeitura de Parauapebas, segundo o instituto, está polarizada entre Darci Lermen (PMDB) e Valmir Mariano (PSD). A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob protocolo PA-08674/2016 e realizada entre os dias 14 e 17 deste mês, com universo de 600 entrevistados.


DARCI NA ESPONTÂNEA

O candidato Darci Lermen é o mais lembrado pelos entrevistados quando estes são questionados, de forma espontânea, em quem vão votar no próximo dia 2 de outubro. Ele tem 28,3% e está dois décimos à frente do atual prefeito e candidato à reeleição Valmir Mariano, que tem 28,1% das intenções de voto. Marcelo Catalão tem 13,5%; Chico das Cortinas, 3,2%; e Hipólito Reis, 2%. Os eleitores indecisos representam 16,8%, enquanto 8,1% têm intenção de anular ou votar em branco.

VALMIR NA ESTIMULADA

O candidato Valmir Mariano foi o mais citado quando o entrevistador do Doxa apresentou os nomes dos candidatos. Valmir apareceu com 34,6% e Darci, ligeiramente atrás, com 33,1%. Como a margem de erro do levantamento é de 4%, ambos estão tecnicamente empatados e, nesse caso, não há um vencedor claro.

Ainda de acordo com o instituto Doxa, Marcelo Catalão aparece com 17,1% das intenções de voto, seguido de Chico das Cortinas e Hipólito, ambos na casa dos 4%. Votos brancos e nulos somam 2,1%. O percentual de indecisos totaliza 6,1.

VALMIR É O MAIS REJEITADO

Em se tratando de rejeição, o candidato Valmir Mariano é imbatível nesta pesquisa do Doxa, sendo antipatizado por 32,2% dos entrevistados. Darci aparece com 26%; Marcelo Catalão, 18%; Chico das Cortinas, 10,8%; e Hipólito Reis, 10%.

Além de sofrer rejeição maior que os adversários, o governo Valmir é mais reprovado (36%) que aprovado (21%). As pessoas que acham o governo regular compõem 35% do eleitorado.

Nos próximos dias, novas pesquisas devem ser divulgadas a fim de que o eleitor tire suas conclusões acerca do processo eleitoral em curso.

Reportagem: Da redação do Portal Pebinha de Açúcar, com informações do Blog da Doxa

Publicidade

Veja
Também