Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Delegacia de Parauapebas conta com Disque Denúncia exclusivo para homicídios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Delegada Yanna Azevedo

Um crime que vem se tornando comum nos noticiários, porém, mesmo com frequentes acontecimentos, continua assustando as pessoas que lamentam sempre que é noticiado.

Trata-se do crime de homicídio, previsto no Artigo 121 do Código Penal Brasileiro, que em Parauapebas é alvo de ocupação dos investigadores já que, muitos deles, são envoltos em mistérios e carentes de informações que os levem a elucidar o caso e colocar o autor na cadeia. “Toda informação é sempre importante, por mais simples que pareça. Pois às vezes aquela informação é uma importante peça para montar o ‘quebra-cabeças’ do investigador e assim chegar ao culpado”, explica o delegado Gabriel Henrique Alves Costa, Diretor da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, dando conta que muitas pessoas não denunciam ou não passam informações para os investigadores por medo de represálias por parte de criminosos.


Assim, para facilitar o contato da população com a Polícia Civil no que tange a passar informações à polícia, foi implantado um disque denúncias de homicídios, um número disponibilizado 24 horas por dia, que deverá ser um canal aberto entre a população e a polícia. O número: (94) 99115-4839 é exclusivo para falar com a Divisão de Homicídios, comandada pela delegada Yanna Kaline Wanderley de Azevedo. “Além do número de disque denúncia que já tem na delegacia, esse número vem somar exclusivamente com a divisão de homicídios, sendo que a pessoa pode mandar mensagens via WhatsApp ou ligando com garantia total de anonimato”, conta Yanna de Azevedo, detalhando que o número é exclusivo para o recebimento de denúncias ao crime de homicídio.

Publicidade

Veja
Também