Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Delegada Yanna Azevedo fala sobre o alto índice de homicídios em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nos últimos meses, apesar do intenso trabalho das autoridades policiais, a 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas tem registrado um grande número de homicídios ocorridos em vários bairros.

Somente na última semana de outubro foram registradas cinco mortes, e já no início de novembro mais quatro homicídios.


Nesta semana mais dois homicídios entraram para as estatísticas em Parauapebas, sendo as vítimas, Luiz Fernando Sousa Costa, morto por seis disparos de arma de fogo no bairro Liberdade II, e a outra identificada como Paulo Roberto, sendo executado por 15 disparos em sua residência no bairro Casas Populares II, após dois elementos chegarem ao local desferindo os disparos contra a vítima.

Nos referidos casos ainda não se tem autoria definida dos crimes. Os homicídios estão sendo investigados pela Delegada de Polícia Civil Yanna Azevedo, ela é responsável pela investigação nos crimes de homicídios da Seccional de Polícia de Parauapebas e tem trabalhado de forma árdua para elucidar muitos dos casos que vêm ocorrendo na cidade.

Polícia em ação

Em declarações prestadas à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar, a Delegada Yanna Azevedo afirmou que muitos crimes não conseguem ser evitados pela Polícia.

“Dependendo da natureza, geralmente não há como impedir esses crimes de vingança porque está no intimo da pessoa e não há como a Polícia atuar nisso, os de possíveis prevenção são esses oriundos de brigas de bares, às vezes de tráfico, e com atuação da Polícia, a gente consegue diminuir. Os bares fechando no horário certo, e atuando contra o tráfico é possível diminuir ação dos criminosos na cidade e reduzir os números de homicídios, então a gente só consegue atuar de forma efetiva nesses casos. A Polícia vem fazendo um trabalho preventivo através dos patrulhões e querendo ou não a gente consegue reduzir os homicídios, sendo que isso inibe um pouco a atuação dos criminosos.
Em relação aos trabalhos de investigações de homicídios, em virtude da grande demanda e pouco efetivo tem sido bem difícil, mas estamos correndo atrás e conseguindo um número bom de elucidações. Uma das dificuldades que temos encontrado é na colaboração da população, as vezes até familiares vem aqui na Delegacia prestar depoimentos e ocultam informações que são importantes, e isso prejudica uma definição de uma linha de investigação de forma mais rápida. Muitas vezes a população sabe mas não chega a nós, tem receios de vir e trazer aquela informação que é essencial para definir a autoria e a motivação desses crimes”, relatou Yanna Azevedo.

A Delegada Yanna através da Divisão de Homicídios está fornecendo o número (94) 99107-0262 (ligações e WhatsApp) à população para que possam ajudar enviando informações quanto aos crimes que vem sendo cometidos na cidade de Parauapebas, com garantia de anonimato, mas, ressalta que o número é somente para o recebimento de informações para ajudar nas investigações, quanto a outros tipos de casos já existe o Disque Denúncia.

Reportagem: André Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também