Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Detran inicia operação ‘Lei Seca’ em Parauapebas e 21 pessoas são encaminhadas para a Delegacia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Teve início na noite da última sexta-feira (10) em Parauapebas, uma megaoperação do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (DETRAN) que percorrerá vários pontos do município. Trata-se da operação “Lei Seca” que só na primeira noite, encaminhou para a 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, exatas 21 pessoas, sendo dois adolescentes que conduziam motocicletas e 19 adultos que ultrapassaram 0.33mg/l no ETILÔMETRO (bafômetro) e foram incursos no Art 306 do CTB.

Na sexta-feira (10), a megaoperação foi montada nas proximidades da Praça de Eventos, no Bairro Cidade Nova, mais precisamente nas ruas “E” “F” e PA-275, com início por volta das 21h e término às 5h30 da manhã deste sábado (11).


A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar esteve acompanhando parte da operação e conversou com o Agente de Fiscalização de Trânsito Thiago Reis, que é o Coordenador Geral da Operação “Lei Seca”. De acordo com Thiago, a operação que está sendo realizada em Parauapebas é voltada para coibir e regular o uso de bebidas alcoólicas em usuários na condução de veículos automotores e motocicletas de modo geral.

Para se ter uma ideia mais clara, somente no mês de maio, o Hospital Municipal de Parauapebas registrou 279 acidentes, a maioria no uso de motocicletas, potencializados pela ingestão de bebida alcoólica. “Portanto, em razão desses dados, que gera o enchimento de leitos nos hospitais, uma vez que a população procura um leito e não encontra, a fiscalização de trânsito desenvolve essa operação integrada com a Polícia Militar e Polícia Civil, com anuência do Poder Judiciário local e Ministério Público, para coibir esse tipo de comportamento irresponsável”, relatou Thiago, afirmando ainda que o condutor que for alvo da fiscalização na “Lei Seca”, receberá uma multa no valor de R$ 1.915,40 e se for reincidente será de aproximadamente R$ 3.830,80 e terá a CNH suspensa por 12 a 24 meses, inclusive podendo ser apresentado na Delegacia de Polícia, dependendo do resultado no bafômetro”, disse.

Avaliação

Perguntado sobre a receptividade dos munícipes de Parauapebas em relação à operação “Lei Seca”, o Agente Thiago afirmou que a população se mostrou muito educada e apoiou a operação. “Há uma receptividade positiva por parte da população de Parauapebas, uma vez que a operação é filmada, conta com sistema de cadastro para identificar as pessoas e todos os nossos agentes agem com muita educação nas abordagens, sempre orientando os condutores e também fazendo interações com placas educativas”, esclarece Thiago, que finaliza dizendo: “Fazemos o apelo para que jovens de 18 a 34 anos não ingiram bebidas alcoólicas e conduzam veículos. Pode-se evitar que esse caos de morte no trânsito, caso contrário, receberão multas e terão a CNH suspensa podendo ainda responder por conduta criminosa na justiça”.

A operação “Lei Seca” que está sendo realizada em Parauapebas aconteceu recentemente em Redenção e já percorreu vários outros municípios do Pará, como Tucuruí, Capanema, Salinópolis, entre outros.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Pebinha de Açúcar, o Ministério Público de Parauapebas fará uma recomendação ao Governo do Estado do Pará, com o objetivando que Detran deixe a operação de maneira mais permanente na cidade e que consequentemente os resultados sejam mais eficientes.

Sobre a operação

A operação denominada “Lei Seca” que atuará por 15 dias em vários bairros de Parauapebas, conta com a participação de 30 agentes de trânsito (todos de fora de Parauapebas), três viaturas, seis motocicletas e três caminhões guinchos, além de unidade móvel e van que contam com sistema de segurança que filma toda a ação para segurança dos agentes e condutores de veículos.

Publicidade

Veja
Também