Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Documentário vai contar a história dos 30 anos do Encontro da Mulher de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Iniciado em 1990, de forma despretensiosa, o Encontro da Mulher de Parauapebas se consolidou e contribuiu para a criação e o fortalecimento de políticas públicas voltadas às mulheres. Sua importância foi reconhecida pelo governo do Pará que, por meio da Lei nº 7.961, de 13 de junho de 2014, declarou o evento como patrimônio cultural de natureza imaterial do Estado.

E para contar a história dos 30 anos do Encontro da Mulher de Parauapebas, o cineasta Ivan Oliveira produz um documentário. Na terça-feira (28), boa parte das pioneiras do evento compartilharam histórias e recordações em uma roda de conversa promovida pelo cineasta.


“Apresentamos hoje a proposta do roteiro do documentário. Será bem colaborativo, além das pioneiras atuarem no filme, elas participam do seu processo criativo”, explicou Ivan. Para estimular ainda mais as lembranças de histórias e de conquistas do Encontro, foi exibido, durante a roda de conversa, o filme Mulheres de 20.

“No filme Mulheres de 20 a gente fez um resgate da história do Encontro da Mulher, conseguimos, inclusive, imagens do primeiro evento”, destacou o cineasta, acrescentando que a proposta deste novo documentário é, além de também contar a história, fazer uma reflexão sobre o que as mulheres pensam para o Encontro, de agora em diante.

Uma das pioneiras, a enfermeira Helena do Postinho, como é conhecida, disse que a roda de conversa foi muito agradável, “foi maravilhoso relembrar todas essas recordações e bons momentos, fico muito feliz em ter participado da história do Encontro da Mulher”.

A jovem senhora Salmiane Vasconcelos contou que, em um determinado período de sua vida, a participação no evento foi fundamental para vencer uma fase ruim, “eu não queria mais nem sair de casa, estava desempregada e desmotivada, foi quando as líderes da minha equipe me visitaram e me incentivaram a reagir. Hoje, eu nem penso em ficar de fora do Encontro da Mulher”

Sobre o Encontro

O Encontro da Mulher de Parauapebas é um evento com atividades esportivas, artísticas, de integração do público feminino e de ações sociais. Um dos seus frutos foi a criação da primeira Secretaria da Mulher do Norte do Brasil e a implantação da Rede de Atendimento à Mulher de Parauapebas.

A programação oficial de comemoração das três décadas do Encontro iniciará dia 8 de março e contará com a exibição do documentário dos 30 anos, além do lançamento de uma revista e de uma exposição fotográfica.

“Estamos fazendo todo esse processo documental do Encontro da Mulher, é uma alegria imensa podermos deixar registrada a história de todas essas conquistas”, disse Rosângela Máxima, da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu).

 

Publicidade

Veja
Também